Últimas Notícias > Capa – Destaques > Com dois gols anulados, Inter vence Chapecoense por 1 a 0 no Beira-Rio

Duelo de artilheiros: Paolo Guerrero e Marco Rúben disputam protagonismo em finais

Foto: (Arte sobre foto de Miguel Locatelli/Site Oficial | Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

*Valéria Possamai

De um lado, um argentino, de outro, um peruano. Estamos nos referindo aos estrangeiros responsáveis pelos gols de Athletico-PR e Inter. Nesta quarta-feira, Marco Rubén e Paolo Guerrero tem a oportunidade de mais uma vez fazer a diferença pela camisa que defendem. Mas nesta disputa, apenas um camisa 9 será o protagonista e levará o título de campeão.
Principais armas no colorado e no furacão, os centroavantes defendem a marca de maiores goleadores do times.
Os números da temporada 2019
Paolo Guerrero, Inter: 13 gols em 23 jogos
Marco Rúben, Athletico-PR: 10 gols em 27 partidas
Para entender o poderio ofensivo de cada centroavante, o comentarista da Rádio Grenal Kalwyn Corrêa analisa as características de cada camisa 9.
Foto:(Miguel Locatelli/Site Oficial)

Marco Ruben: “Centroavante sem tanto físico, mas compensa com bom posicionamento. Joga dentro da área esperando cruzamentos da linha de fundo. Não participa tanto da construção, busca finalizar as jogadas.”

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)
Guerrero: “Centroavante que protege bem a bola e faz o pivô. Sai da área para abrir espaço para os companheiros. Ajuda na construção com tabelas curtas, bom cabeceador e batedor de faltas.”
As decisões
Athletico-PR e Inter iniciam a disputa das finais nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada. A finalíssima ocorre na próxima quarta-feira, 18, no Beira-Rio, em Porto Alegre, onde um dos artilheiros irá deixar seu nome marcado no título da Copa do Brasil 2019.
Transmissão
*estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Deixe seu comentário: