Últimas Notícias > Notícias > Mundo > O Uruguai tem falta de maconha: a produção não é suficiente para abastecer os mais de 47 mil consumidores registrados

Itaipu registra maior taxa de produtividade para o mês de julho

2019 está sendo o melhor ano do histórico. (Foto: Divulgação/Itaipu)

A usina hidrelétrica de Itaipu registrou a maior taxa de produtividade para o mês de julho da história. Foram produzidos 1,100 mil megawatts médios por metro cúbico de água por segundo no mês deste ano, contra máxima de 1,098 mil megawatts em julho de 2018. A taxa registrada é resultado da relação entre a produção de energia e a água que passa pelas turbinas.

De acordo com as informações da Itaipu Binacional, o principal fator que contribuiu para esse resultado positivo foi o menor nível de água que chegou ao reservatório, favorecendo o aproveitamento de cada metro cúbico. Outro fator importante foi o gerenciamento das variáveis envolvidas no processo de geração de energia como demanda, estoque de água e disponibilidade das máquinas e da transmissão.

O ano de 2019 está sendo o melhor ano do histórico. A melhor marca anual já registrada havia ocorrido em 1986, com 1,060 MWmed/m³/s. Neste ano, só até julho, a produtividade já acumulou 1,072 MWmed/m³/s.

Deixe seu comentário: