Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

Capa – Caderno 1 Lima recebe final da Libertadores entre Flamengo e River Plate

Destino da taça da Libertadores de 2019 será disputada em Lima em 23 de novembro. (Foto: Reprodução)

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) anunciou no início da noite desta terça (5) que a final da Copa Libertadores de 2019, entre Flamengo (Brasil) e River Plate (Argentina), será realizada em Lima (Peru) no dia 23 de novembro.

O anúncio foi feito após a realização de uma reunião da entidade com representantes da equipe brasileira, do clube argentino, da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e da AFA (Associação de Futebol Argentino).

Protestos no Chile

Esta decisão foi tomada após os protestos que tomaram conta do Chile nas últimas duas semanas e que já deixaram 18 mortos e milhares de pessoas detidas.

Antes da mudança de sede da final da Libertadores, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, já havia anunciado o cancelamento da realização de duas cúpulas internacionais: a Apec (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico) e a COP25 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019).

“Nossa primeira preocupação e prioridade como governo é concentrar-nos, primeiro, em restaurar completamente a ordem pública, a segurança dos cidadãos e a paz social; segundo, promover com toda a força e urgência a nova agenda social necessária para responder às principais demandas de nossos cidadãos; e terceiro, promover um amplo e profundo processo de diálogo para ouvir nossos compatriotas”, afirmou Piñera na ocasião, acompanhado pelos ministros das Relações Exteriores, Teodoro Ribera, e do Meio Ambiente, Carolina Schmidt.

“Nosso governo, com muita dor, porque isso é uma dor para o Chile, resolveu não realizar a cúpula da Apec nem a cúpula da COP. Sentimos e lamentamos profundamente os problemas e inconvenientes que esta decisão significará para ambas as cúpulas”, disse Piñera, ao reconhecer a importância de ambos eventos para o Chile e para o mundo. Até aquela data, 30 de outubro, no entanto, o evento da Conmebol estava mantido.

Nota da Conmebol

Confira a nota emitida pela Conmebol nesta terça-feira:

“Novas circunstâncias de força maior e ordem pública, analisadas e avaliadas com prudência, considerando a segurança dos jogadores, público e das delegações, motivaram a decisão de levar a final da Copa Conmebol Libertadores 2019 a Lima, Peru, e manter a data inicial de 23 de novembro.

A escolha do novo palco se apoia no oferecimento do governo do Peru, nas garantias de segurança. A decisão foi um consenso com os presidentes de Flamengo e River Plate, das confederações da Argentina, Brasil e Chile, e dessa forma se manteve a política de realizar as finais únicas em diferentes países.

A Conmebol agradece muito ao governo do Chile e aos diversos órgãos públicos a ativa colaboração para a correta organização da final única da Libertadores 2019. Desejamos ao povo chileno e a suas autoridades paz e boa vontade.”

Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

O governo federal propôs transferir 400 bilhões de reais da União para Estados e municípios
Ronaldo Fenômeno quer comprar um clube em Portugal
Deixe seu comentário
Pode te interessar