Últimas Notícias > Capa – Magazine > “Musa da Copa”: Larissa Riquelme chega a Porto Alegre e faz promessa para que Paraguai vença Brasil

Mesmo derrotado pelo Novo Hamburgo por 1 a 0, o Inter está nas semifinais do Gauchão

O Inter garantiu vaga na semifinal do Gauchão graças a vitória no jogo de ida. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Diante de mais de 11 mil torcedores, o Inter teve dificuldades diante do Novo Hamburgo e perdeu por 1 a 0. Mesmo com a derrota na noite desta quarta-feira (27), no estádio Beira-Rio, o Colorado chegou às semifinais do Gauchão em razão da vitória por 2  a 0 em cima do Nóia na partida de ida, no último sábado (23). O gol da partida foi anotado por Neuton.

Era preciso arriscar. O Novo Hamburgo segurava a bola em seu campo de defesa, fazendo transições no meio de campo para chegar ao ataque. O colorado, tentava no contra-ataque.

Em um primeiro momento, o Nóia tentou adiantar as linhas e fazer uma pressão inicial. Não deu resultado. Era o Internacional que tinha mais posse de bola. Aos 14 minutos da etapa inicial, Sarrafiore, não decepcionando, chutou muito forte de fora da área e obrigou o goleiro adversário a fazer uma boa defesa.

O primeiro tempo estava morno, o Inter, mesmo com a posse de bola, não tinha boas chances. O Novo Hamburgo apresentava dificuldades, mas tentava buscar o gol com bola parada. E foi assim que, aos 31 minutos, o Nóia chegou ao primeiro gol. Em uma cobrança de escanteio, Neuton, de cabeça, abriu o placar.

Nos minutos finais, o Colorado teve um gol anulado. Na jogada, Nonato recebeu o passe em posição de impedimento e, no rebote, Sarrafiore marcou. Nico López ainda obrigou o goleiro Gustavo a fazer mais uma boa defesa, após chutar sem ângulo.

O Novo Hamburgo iniciou o segundo tempo colocando o meia Mossoró. Mas quem acordou foi o time do Inter, que iniciou pressionando. O time visitante pouco atacava. Nico López era quem mais aparecia no jogo, era quem tentava as jogadas diferentes pelas laterais. Aos 11 minutos, ele invadiu pelo lado esquerdo, driblou o goleiro, obrigando o zagueiro a fazer a intervenção.

Na etapa complementar, após substituições, o Inter acabou modificando um pouco a sua forma de jogo e passou a buscar o empate com velocidade. O time do Nóia, que precisava do gol, estava tranquilo. Não arriscava e muito menos conseguia chegar ao ataque. Era o Colorado que tinha as melhores chances, sempre com Nico López. Rafael Sobis estava apagado no jogo e acabou sendo substituído por Tréllez.

Aos 27 minutos, o time da casa quase empatou. Novamente ele, Nico López, cruzou e Wellington Silva cabeceou, mas o goleiro adversário defendeu. Nos minutos finais, o visitante ainda tentou chegar e pressionar, mas sem sucesso. Wellington Silva também aparecia bem no jogo, foi dele a melhor chance do segundo tempo aos 40. Ele chutou no ângulo e Gustavo fez grande defesa.

O adversário do Inter na semifinal sairá do jogo entre Caxias e Aimoré, nesta quinta (28). Na partida de ida, as duas equipes empataram em 1 a 1.

Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Iago, Rodrigo Dourado, Edenílson, Nonato (Wellington Silva), Sarafiore (Guilherme Parede), Nico López, Rafael Sobis (Tréllez). Técnico: Odair Hellmann.

Novo Hamburgo: Gustavo, Ednei, Luis Gustavo, Fred, Neuton (Osvaldir), Amaral, Preto (Mossoró), William Schuster (Paulinho), Juninho, Kelvin, Bustamante, Técnico: Bolívar.

Arbitragem: Enrico Andrade, auxiliado por Max Augusto Guimarães e Mateus Olivério Rocha.

Público total: 11.809 pessoas.

Deixe seu comentário: