Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Preso homem que comercializava drogas nas proximidades de uma escola na Zona Norte de Porto Alegre

Polícia Federal realiza operação contra fraude milionária em bolsas de estudo na Ufrgs

Agentes cumpriram seis mandados de prisão, dez de busca e dois de condução coercitiva em Porto Alegre, Canoas e Pelotas (Foto: PF/Divulgação)

A PF (Polícia Federal) deflagrou, na manhã desta sexta-feira (09), a Operação PhD, que apura o desvio de recursos de programas de incentivo à pesquisa, especialmente do Projeto SUS Educador, vinculados à Escola de Enfermagem da Ufrgs (Universidade Federal do Rio Grande do Sul).

Cerca de 70 policiais cumpriram seis mandados de prisão, dez de busca e dois de condução coercitiva em Porto Alegre, Canoas e Pelotas. Entre os presos estão professores coordenadores de projetos na universidade. A fraude consistia na inclusão de bolsistas sem qualquer vínculo com a Ufrgs para recebimento de valores de até R$ 6,2 mil.

Também ficou evidenciado um caso em que o aluno sequer frequentou o curso e foi “agraciado” com o título de mestre. O valor dos projetos investigados é de R$ 99 milhões. A quantia desviada já apurada é de aproximadamente R$ 5,8 milhões.

Os crimes identificados na ofensiva são associação criminosa, estelionato, falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema. A operação é a primeira realizada pela Polícia Federal no Estado com o emprego do Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro.