Terça-feira, 14 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Colunistas 60 milhões de pessoas já receberam Benefício Emergencial do Governo Federal

Compartilhe esta notícia:

Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni coordena ações de assistência social. (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Mesmo com as dificuldades de um sistema que há anos não comunicava dados entre órgãos do próprio governo, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, constata que “chegamos perto de 60 milhões de brasileiros que receberam do Governo Bolsonaro o auxílio emergencial. São 14 lotes de pagamento, com a segurança aperfeiçoada e aprendizado com cada um deles.”

Mais 25 milhões de “invisíveis” ganham benefício

Um dado importante se destaca nestes números: o sistema desenvolvido pelo governo conseguiu incluir até agora no cadastro de benefícios da assistência social milhões de brasileiros que até então nunca haviam sido identificados. Segundo o ministro Onyx, “temos a humildade de reconhecer que o aprendizado é constante, que precisamos de aperfeiçoamento permanente, mas, em menos de 45 dias, conhecemos 25 milhões de brasileiros, que eram invisíveis, que nenhum governo enxergou. Hoje não são mais.”

Hacker sabotando a assistência social?

A área de inteligência do governo federal não descarta hipótese de que muitos dados estranhos, surgidos nos sistemas de cadastro de beneficiários da assistência social, como o elevado número de presidiários, pode ter sido em parte, causado pela ação de hackers invadindo o sistema e boicotando o processo.

TSE recebe Fundo Eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral já recebeu para depósito em uma conta especial, os R$ 2 bilhões destinados ao fundo Eleitoral que será rateado entre os partidos políticos para o custeio das despesas com as eleições municipais deste ano.

Luciano Hang

O empresário Luciano Hang, liderança da Rede Havan, comenta: “O TSE recebeu ontem os R$ 2 bilhões de recursos do fundão, para serem distribuídos entre os partidos políticos e financiar as campanhas eleitorais desse ano. Parece que nossos governantes decidiram que não vale a pena abrir mão desse dinheiro e das eleições para ajudar o povo…”

Osmar Terra sobre as esquerdas violentas

O deputado federal Osmar Terra (MDB) não perdeu oportunidade de comentar as manifestações “democráticas” onde partidos de esquerda usaram como laranjas, grupos violentos de torcidas organizadas. “A grande novidade da política brasileira é que tem partidos tão desgastados com a população que, para participar de manifestação, tem se esconder atrás de torcidas organizadas de futebol!! Isso eu nunca tinha visto.”

Auditorias do TCE gaúcho

Duas ações policiais de impacto ocorridas nos últimos dias no Rio Grande do Sul identificando irregularidades estimadas em R$ 50 milhões, tiveram origem em auditorias do Tribunal de Contas gaúcho. Foram a “Operação Aves de Rapina”, que investiga um esquema de fraudes contra o Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul (IPE-Saúde), e a “Operação Camilo” que trouxe à tona crimes envolvendo recursos da saúde, envolvendo a prefeitura municipal de Rio Pardo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Notícias da TV
Fatos históricos do dia 3 de junho
Deixe seu comentário
Pode te interessar