Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

| Ex-presidente do Grupo Escoteiro Guamirim é acusado de abuso sexual e psicológico

Compartilhe esta notícia:

Homem atuava há 36 anos no movimento. (Imagem ilustrativa/Reprodução/ Pixabay)

Atuante no movimento escoteiro por cerca de 36 anos, o ex-presidente do Grupo Escoteiro Guamirim, André Carvalho Lacerda, está sendo investigado por estupro de vulnerável a ex-integrantes do grupo que liderou, em Fontoura Xavier. Entre 2007 e 2016, mais de 80 escoteiros passaram pelo comando do homem, hoje com 52 anos.

Até o momento, a Polícia Civil contabilizou depoimentos de 18 ex-escoteiros, com idades entre 19 e 25 anos. Na época em que teriam sofridos os abusos, sexuais e psicológicos, os jovens tinham entre 10 e 16 anos. Conforme os relatos, mantidos em anonimato para garantir a segurança e a integridade das vítimas, André costumava convidar as crianças e adolescentes, que moravam em Fontoura Xavier, para visitá-lo em Porto Alegre, onde o crime acontecia.

O professor também frequentava as residências dos ex-alunos, sendo considerado, pelos pais e familiares dos jovens, como uma pessoa próxima da família. Para alguns dos integrantes, André era visto como um segundo pai. O escoteiro entrou no meio em 1980, quando tinha 13 anos, e fez parte do Grupo Escoteiro Japão, de Porto Alegre. Anos depois, ele assumiu o cargo de diretor da entidade.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de |

Portador de HIV e tuberculose preso em delegacia é transferido por oferecer risco aos agentes
Drogas e infidelidade: rumores sobre término de Miley e Liam começam a circular
Deixe seu comentário
Pode te interessar