Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Mostly Cloudy

Capa – Magazine “Admiro muito a carreira de Lionel Messi”, afirma Cristiano Ronaldo

Compartilhe esta notícia:

"É uma boa rivalidade que existe no futebol", disse o craque português. (Foto: Reprodução/Instagram)

Cristiano Ronaldo falou sobre a “saudável” rivalidade que mantém durante anos com Lionel Messi e fez elogios ao craque argentino do Barcelona, em uma entrevista transmitida pela televisão portuguesa.

“Eu admiro muito a carreira que ele tem feito e ele já disse publicamente que teve pena de eu deixar a Liga Espanhola. Porque era uma rivalidade de que ele gostava”, comentou o astro português à rede TVI.

“É uma boa rivalidade, que existe no futebol, mas que não é uma exceção. Michael Jordan teve rivais no basquete, Ayrton Senna e Alain Prost eram grandes rivais na Fórmula 1. O único ponto em comum de todas as grandes rivalidades do esporte é que são saudáveis”, acrescentou o jogador da Juventus.

Para CR7, ter Messi como grande adversário durante sua fase no Real Madrid o ajudou a superar a si mesmo. “Não tenho a menor dúvida de que ele me faz melhor jogador e eu o faço melhor. Quando eu ganho troféus, isso deve irritá-lo e acontece o mesmo comigo quando ele os conquista”, afirmou o cinco vezes Bola de Ouro.

Perguntado sobre a sua relação com o argentino fora de campo, Cristiano Ronaldo destacou o respeito mútuo entre os dois. “Tenho uma relação profissional excelente com Messi porque há 15 anos que compartilhamos os mesmos momentos. Nunca fui jantar com ele, mas por que não no futuro? Não teria nenhum problema”, declarou o craque.

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi são candidatos ao prêmio de melhor jogador da Uefa na última temporada, junto com o zagueiro holandês do Liverpool Virgil Van Dijk. O troféu será entregue em Mônaco no dia 29 de agosto, durante o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Acusação

Advogados de Cristiano Ronaldo admitiram que pagaram 375 mil dólares (o equivalente a 1,5 milhão de reais pela cotação atual) à modelo norte-americana Kathryn Mayorga, que o acusou de estupro em 2009, para encerrar o caso em segredo. A informação foi divulgada pela emissora CNN, que teve acesso ao acordo confidencial.

Mayorga, hoje com 35 anos, alegou que o craque, cinco vezes ganhador da Bola de Ouro, a forçou a fazer sexo em 13 de junho de 2009 no quarto de um hotel em Las Vegas, nos Estados Unidos, apesar de ela ter rejeitado as investidas dele. A modelo entrou com um processo para invalidar o acordo em 2018, argumentando que a defesa do atacante português se aproveitou de seu “frágil estado emocional” para obrigá-la a assiná-lo. Cristiano Ronaldo afirma que a relação entre os dois foi consensual.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Magazine

Filme da produtora de Michelle e Barack Obama estreia em Hollywood
Festival Hípico Noturno terá 60a. edição em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar