Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fog

Saúde América do Sul se tornou o novo epicentro da pandemia e Brasil é o país mais afetado, diz Organização Mundial de Saúde

Compartilhe esta notícia:

"Certamente o mais afetado é o Brasil neste momento", disse Ryan.

Foto: Reprodução
"Não podemos fazer suposições de que apenas porque a doença está em declínio ela continuará em declínio", avisou o diretor do programa de emergências da OMS, Mike Ryan. (Foto: Reprodução)

O diretor do programa de emergências da OMS (Organização Mundial de Saúde), Michael Ryan, disse nesta sexta-feira (22) que a América do Sul se tornou o novo epicentro da pandemia de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

A OMS foi questionada se estava oferecendo algum tipo de assistência direta ao Brasil, que na quinta-feira (21) bateu um novo recorde de número de mortes, com 1.188 óbitos em 24 horas, conforme divulgação do Ministério da Saúde, totalizando mais de 20 mil mortos pela doença.

“Nossos colegas na Opas [braço da OMS nas Américas] estão fornecendo ajuda direta ao governo e a muitos dos estados que estão sendo duramente afetados, incluindo o Amazonas”, afirmou Michael Ryan.

“A maioria dos casos é da região de São Paulo, mas também Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas, Pernambuco estão sendo afetados”, disse Ryan.

“Mas em termos de taxas de ataque, as mais altas estão, na verdade, no Amazonas: cerca de 490 pessoas infectadas para cada 100 mil habitantes, que é uma taxa de ataque bem alta”, citou.

“De certa forma, a América do Sul se tornou um novo epicentro para a doença, vimos muitos países sul-americanos com aumento do número de casos, e claramente há preocupação em muitos desses países, mas certamente o mais afetado é o Brasil neste momento”, disse Ryan.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Inquérito do Supremo encontrou “ameaças reais” a ministros, diz presidente da Corte
Tribunal Regional do Trabalho regulamenta realização de audiências por videoconferência
Deixe seu comentário
Pode te interessar