Terça-feira, 20 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Geral Apple lança relógio smart que mede a oxigenação do sangue

Compartilhe esta notícia:

Apple Watch 6 vem com pulseira sem fecho de silicone ou de poliéster texturizada. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple lançou o Apple Watch 6 para substituir o Apple Watch 5. Dentre as novidades do relógio estão o oxímetro para medir a oxigenação do sangue, novos acabamentos e a nova pulseira loop solo, que não tem fecho e nem fivela. Enquanto isso, outras funções foram mantidas. Nas linhas a seguir, conheça as mudanças da ficha técnica e os preços cobrados pelo smartwatch com o emblema da maçã.

O Apple Watch 6 teve os valores divulgados no Brasil, mas ainda não tem previsão para o começo das vendas. Já o Apple Watch 5 foi lançado pelo preço sugerido de R$ 3.999, mas saiu de linha com a chegada da nova geração. Ele ainda é encontrado em lojas.

Tela e design

O novo Apple Watch 6 ficou mais colorido em relação à geração anterior do relógio. Agora é possível adquirir unidades com acabamento em vermelho ou azul. Além disso, ele vem com mais uma nova opção de cor para a caixa, o aço inoxidável em dourado. As cores alumínio prateado e titânio preto foram mantidas.

O novo smartwatch também vem com uma nova pulseira sem fecho chamada loop solo. A fabricante diz que ela se ajusta ao pulso do usuário de uma maneira confortável. Ela vem em dois materiais: silicone ou tecido trançado com mais de 16 mil filamentos de poliéster reciclado, o que confere uma superfície texturizada.

Já a tela retina OLED foi mantida com 1,78 polegada e resolução de 448 x 368 pixels. A Apple afirma que deixou o display da nova geração mais brilhante no modo Always On (sempre ligado) para que o usuário consiga enxergar as informações mesmo quando o pulso estiver abaixado.

Oxímetro

O lançamento ganha um novo recurso voltado para saúde: o oxímetro. Ele é responsável por medir a quantidade de oxigênio presente no sangue. O relógio ainda consegue detectar como ele está sendo distribuído pelo corpo, observando se o organismo está absorvendo oxigênio suficiente.

O recurso funciona com quatro LEDs vermelhos, verdes e infravermelhos que conseguem fazer a leitura do sangue com um método não invasivo. O usuário pode ativar na hora que desejar ou configurar o monitoramento permanente em segundo plano, para que sejam feitas leituras ao longo do dia. Esta ferramenta não está disponível no Apple Watch 5.

Detector de quedas e eletrocardiograma

O Apple Watch 5 já foi responsável por salvar a vida de pessoas tanto no exterior quanto aqui no Brasil. A nova versão também tem sensores que detectam quando o usuário sofreu uma queda abrupta, recurso chamado de detecção de queda grave. O Apple Watch 6 promete aprimorar essa experiência ao trazer detecções mais precisas.

Assim como o modelo anterior, o lançamento também vem com eletrocardiograma (ECG), que é responsável por aferir a frequência cardíaca. O sensor foi mantido na coroa do relógio e nos cristais sobre o pulso. Ele consegue medir os batimentos em apenas 30 segundos, distinguindo entre a fibrilação atrial, quando a frequência é uma arritmia, e a frequência normal. Recentemente a função foi liberada em território nacional.

Desempenho e armazenamento

O Apple Watch 6 vem com o novo chip Apple S6, uma evolução do Apple S5 presente no antecessor. Contudo, manteve a mesma memória RAM de 1 GB e o mesmo armazenamento de 32 GB que já vinha no Watch 5. Ele promete processamento mais rápido, mas a fluidez provavelmente deve ser a mesma vista no modelo anterior.

Os dois relógios conseguem ficar até 18h ligados em modo de espera e têm suporte à recarga rápida.

Outros recursos

O Apple Watch 6 também apresenta uma evolução no sistema. Ele vem com o Watch OS 7 de fábrica, que também está disponível para o Apple Watch 5.

Devido ao aprimoramento dos novos sensores, o lançamento deve oferecer relatórios mais precisos que o Apple Watch 5. Ele manteve os recursos de monitoramento do sono, rastreador de atividades físicas, compartilhamento de atividades, bem como manteve a conectividade com o celular, exibindo as chamadas e as notificações recentes diretamente na tela do relógio. Os dois modelos contam com eSIM e resistência à água.

Preço no Brasil

O Apple Watch 6 tem preço sugerido no Brasil a partir de R$ 5.299 para as versões esportivas com caixa em alumínio. O modelo com aço inoxidável custará a partir de R$ 8.499, com pulseiras esportivas, ou a partir de R$ 9.099 com pulseira estilo milanês. Já a versão com a caixa de titânio está chegará por valores a partir de R$ 9.999.

A Apple ainda não confirmou a data de chegada do relógio ao Brasil, mas normalmente a fabricante não costuma levar meses para trazer os lançamentos ao País.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

A atmosfera ácida e temperaturas altíssimas de Vênus podem ser o futuro do planeta Terra, dizem astrônomos
Facebook quer lançar óculos Ray-Ban com realidade aumentada em 2021
Deixe seu comentário
Pode te interessar