Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Celebridades As cantoras Iza e Ivete Sangalo tomaram conta da última noite do primeiro fim de semana do Rock in Rio. A baiana levou o público ao delírio cantando funk, com direito a fazer o “quadradinho”

Compartilhe esta notícia:

A artista também afirma que prefere falar de fatos que tenham relevância do que se envolver em fofocas. (Foto: Reprodução/Instagram)

O terceiro dia do Rock in Rio 2019 foi marcado pela beleza e poder das divas da música brasileira nos palcos Mundo e Sunset. Ivete Sangalo abriu a noite de domingo (29) entre as atrações principais do festival. No show, a cantora baiana incluiu em seu repertório medley de funk com músicas de Anitta, Mr. Catra e Bonde do Tigrão. Ela dançou o quadradinho e também tocou bateria.

Ivete ainda apresentou hits. Entre eles, ‘Eva’ e ‘Sorte grande’. E fez dois covers: ‘Gostava tanto de você’, sucesso com Tim Maia, e ‘Além do horizonte’, de Roberto Carlos. No fim, lembrou dos filhos. Na última vez em que esteve no Rock in Rio, Ivete, que também é mãe de Marcelo, estava grávida das gêmeas Helena e Marina.

“Hoje é dia de rock e axé, bebê”, disse Ivete Sangalo, relembrando a famosa frase “Hoje é dia de rock, bebê!”, da atriz Christiane Torloni, no Rock in Rio 2011.

No palco Sunset, o ponto alto foi o show da cantora Iza, nova rainha de bateria da Imperatriz Leopoldinense, com a participação de Alcione. As duas levantaram o público com clássicos da Marrom.

Política na apresentação

Em um show repleto de convidados, como Kell Smith e As Bahias e a Cozinha Mineira, Elza Soares fez a apresentação mais política até o momento no Rock In Rio 2019. A cantora aproveitou o show no Palco Sunset para divulgar seu novo disco, ‘Planeta Fome’. A apresentação ocorreu em um cenário com dois andares. Embaixo, os músicos de sua banda. Em cima, Elza, sentada, recebendo os convidados.

“Mulheres, a história agora é outra. Gemer, só de prazer. Denuncie 180. Não é não. Machistas não passarão”, exclamou a cantora.

Em outro momento, Elza gritou: “Esse povo sofrido que sonha com um lugar melhor pra viver. Sonha, mas é preciso acordar, minha gente! Lutar! Gritar, ir pras ruas, aprender a votar! Que vocês não sabem votar, nós não sabemos, vamos para as ruas, vamos buscar os nossos direitos. Esse Rio de Janeiro acabado, esse Rio de Janeiro completamente distorcido. Cadê o povo? Cadê a voz da gente? Cadê as mulheres? Somos faladeiras, vamos falar até não aguentar mais”, declarou Elza.

Fora dos palcos, a dificuldade do público era para conseguir os brindes do Rock in Rio. No domingo, as filas estavam quilométricas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Jornalista Newton Carlos morre no Rio de Janeiro
“É difícil segurar o meu quadril”, brinca Ellen Rocche
Deixe seu comentário
Pode te interessar