Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Partly Cloudy

Política Bolsonaro diz que foi “tolhido” pelo Judiciário na crise provocada pelo coronavírus

Compartilhe esta notícia:

"Passamos por uma grande provação. Ou melhor, estamos no final dela", declarou o presidente

Presidente brasileiro torce para que campanha de reeleição do americano não seja prejudicada. (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Em discurso durante a Convenção Nacional das Assembleias de Deus Ministério de Madureira, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro disse a uma plateia de pastores e fiéis, neste sábado (19), ter sido “tolhido” pelo Judiciário durante a crise provocada pelo coronavírus.

“Eu tive que tomar decisões mesmo sendo tolhido pelo Poder Judiciário. Se naquele momento, naquela época, até mesmo a chacota estava presente, hoje, graças a Deus, estamos vendo que estávamos no caminho certo”, afirmou o presidente.

Em manifestações públicas, Bolsonaro costuma repetir que foi impedido pelo Judiciário de tomar medidas contra a pandemia porque o STF (Supremo Tribunal Federal) teria dado essa atribuição exclusivamente a governadores e prefeitos.

Ao lado do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e do ex-deputado Manoel Ferreira, bispo primaz das Assembleias de Deus Ministério de Madureira, Bolsonaro disse aos pastores e fiéis que, do ponto de vista econômico, o Brasil se saiu bem durante a pandemia.

“Passamos por uma grande provação. Ou melhor, estamos no final dela, o momento que se abateu sobre todo o mundo. Na parte econômica, o Brasil foi o que melhor se saiu. Quis o destino também que, na área de saúde, aos poucos, ao se deixar de politizar, a única alternativa que nós tínhamos, começou-se a salvar mais vidas também”, declarou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

JBS realiza obras de saneamento básico em aldeias indígenas no Norte do RS
RS registra 3.408 novos casos confirmados de Covid-19 e mais 53 óbitos provocados pela doença
Deixe seu comentário
Pode te interessar