Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Brasil Brasil já aplicou ao menos uma dose de vacina contra o coronavírus em quase 38 milhões de pessoas

Compartilhe esta notícia:

18.807.027 de brasileiros já tomou a segunda dose, num total de mais de 56,5 milhões de doses aplicadas. (Foto: Cristine Rochol/PMPA)

Balanço da vacinação contra o coronavírus desta quinta-feira (13) aponta que 37.744.357 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 17,82% da população brasileira. A segunda dose já foi aplicada em 18.807.027 pessoas (8,88% da população do País) em todos os Estados e no Distrito Federal.

No total, 56.551.384 doses foram aplicadas em todo o País.

Nas últimas 24 horas, a primeira dose foi aplicada em 546.686 pessoas e a segunda dose em 148.055, com um total de 694.741 doses aplicadas neste intervalo.

Total de vacinados, segundo os governos, e o percentual em relação à população do Estado:

— Acre: 1ª dose – 104.787 (11,71%); 2ª dose – 42.744 (4,78%);

— Alagoas: 1ª dose – 513.718 (15,33%); 2ª dose – 235.743 (7,03%);

— Amapá: 1ª dose – 102.407 (11,88%); 2ª dose – 44.056 (5,11%);

— Amazonas: 1ª dose – 642.493 (15,27%); 2ª dose – 370.660 (8,81%);

— Bahia: 1ª dose – 2.874.358 (19,25%); 2ª dose – 1.305.393 (8,74%);

— Ceará: 1ª dose – 1.467.316 (15,97%); 2ª dose – 853.874 (9,29%);

— Distrito Federal: 1ª dose – 541.313 (17,72%); 2ª dose – 288.138 (9,43%);

— Espírito Santo: 1ª dose – 776.449 (19,11%); 2ª dose – 283.559 (6,98%);

— Goiás: 1ª dose – 1.113.108 (15,65%); 2ª dose – 559.944 (7,87%);

— Maranhão: 1º dose – 1.025.311 (14,41%); 2ª dose – 464.365 (6,53%);

— Mato Grosso: 1ª dose – 492.659 (13,97%); 2ª dose – 230.118 (6,53%);

— Mato Grosso do Sul: 1ª dose – 645.233 (22,97%); 2ª dose – 242.916 (8,65%);

— Minas Gerais: 1ª dose – 3.946.363 (18,53%); 2ª dose – 1.982.461 (9,31%);

— Pará: 1ª dose – 1.286.733 (14,81%); 2ª dose – 624.561 (7,19%);

— Paraíba: 1ª dose – 743.101 (18,40%); 2ª dose – 379.515 (9,40%);

— Pernambuco: 1ª dose – 1.539.156 (16,01%); 2ª dose – 784.869 (8,16%);

— Piauí: 1ª dose – 511.741 (15,59%) ; 2ª dose – 248.901 (7,59%);

— Paraná: 1ª dose – 2.080.122 (18,06%); 2ª dose – 1.088.804 (9,45%);

— Rio de Janeiro: 1ª dose – 2.834.809 (16,32%); 2ª dose – 1.309.109 (7,54%);

— Rio Grande do Norte: 1ª dose – 571.557 (16,17%); 2ª dose – 279.031 (7,90%);

— Rio Grande do Sul: 1ª dose – 2.627.436 (23%); 2ª dose – 1.084.745 (9,50%);

— Rondônia: 1ª dose – 216.952 (12,08%); 2ª dose – 108.595 (6,04%);

— Roraima: 1ª dose – 72.095 (11,42%); 2ª dose – 51.234 (8,12%);

— Santa Catarina: 1ª dose – 1.287.198 (17,75%); 2ª dose – 675.289 (9,31%);

— São Paulo: 1ª dose – 9.162.293 (19,79%); 2ª dose – 4.987.900 (10,78%);

— Sergipe: 1ª dose – 359.634 (15,51%); 2ª dose – 165.173 (7,12%);

— Tocantins: 1ª dose – 206.015 (12,95%); 2ª dose – 115.330 (7,25%).

Covid no Brasil

O Brasil registrou 2.340 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta quinta 430.596 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.917 — abaixo da marca de 2 mil pelo terceiro dia seguido. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -24%, indicando tendência de queda nos óbitos decorrentes do vírus. É a maior queda percentual registrada desde o dia 11 de novembro (quando ficou em -27%).

O Brasil completa agora 113 dias com a média móvel de mortes acima da marca de 1 mil. Foram 55 dias seguidos com essa média acima da marca de 2 mil.

Nenhum Estado apresenta tendência de alta nas mortes. Já com tendência de queda aparecem 21 Unidades Federativas e o Distrito Federal. É a primeira vez na pandemia que se registram tantas unidades federativas com óbitos em queda simultaneamente.

Cinco Estados apresentam estabilidade: Rondônia, Bahia, Paraíba, Piauí e Sergipe.

Em queda são 21 e o Distrito Federal: Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Tocantins, Alagoas, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Distrito Federal.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 15.436.827 brasileiros já tiveram ou têm o coronavírus, com 75.141 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 61.115 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de 0% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade também nos diagnósticos.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Fiocruz diz trabalhar para não faltar vacinas em agosto e setembro
Universidade do Ceará pede à Anvisa para testar sua vacina contra o coronavírus em humanos
Deixe seu comentário
Pode te interessar