Domingo, 31 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Light Rain

Leandro Mazzini Burocracia social

Compartilhe esta notícia:

Terão direito à segunda parcela aqueles que receberam a primeira até 30 de abril. (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Muita gente necessitada e com a ficha ok foi barrada na triagem do Ministério da Cidadania para receber o auxílio emergencial. Muitos deles devido ao cadastro desatualizado junto a empresas de Governos estaduais em que trabalharam e nas quais já foram exonerados. Questionada pela Coluna, o Dataprev – que auxilia o Ministério na triagem – informa que “utiliza sistemas oficiais para cruzar os dados e realizar a elegibilidade dos cidadãos”. É uma soma de bancos de dados desatualizados, pelo visto. Porque o Governo faz pente-fino nas bases dos Ministérios da Cidadania e Economia, na Secretaria de Previdência e Trabalho, na Receita Federal e no INSS.

História online

Um garoto de 10 anos que assistiu a uma vídeo-aula de História política do Brasil se assustou ao ver o Bigode no noticiário na TV: “Esse é o Sarney, ele ainda está vivo?”.

Tô bem!

Sarney está bem, e quase aos 90, muito melhor de saúde que muita gente aí na praça. Precavido que é, não sai nem da suíte na casa do Lago Sul, debaixo do edredom.

Contra fake

O TSE já conta 49 instituições da sociedade civil comprometidas na força-tarefa de combate a fake news nas eleições deste ano.

Se liga, patrão

Se a moda pega, vai apertar a turma do patronato. O TRT do Rio de Janeiro deu ganho de causa a um operário que pediu hora extra porque gastava 20 minutos da portaria da empresa ao posto de trabalho, todos os dias, na entrada e na saída da Companhia Siderúrgica Nacional em Volta Redonda. Foi por unanimidade.

Justiçados 1

Os funcionários da Samarco que estavam contratados até a tragédia da barragem de Mariana (ou crime ambiental) vão receber indenização de R$ 20 mil, cada, por dano moral e “perda de chance”. Vale e BHP Brasil também botaram a mão no bolso.

Justiçados 2

O advogado Klaus Stenius Bezerra Camelo de Melo terá de devolver, com correção, mais de R$ 1,4 milhão de uma causa coletiva ganha por jornalistas da EBC, cujo valor não foi repassado aos clientes. A decisão é da 15ª Vara do Trabalho do DF.

Carona

O processo envolve verbas rescisórias não pagas. Aliás, o Sindicato dos Jornalistas entrou na mira da Justiça nesse caso, por leniência ao não acompanhar a situação.

Patriota revida

Adilson Barroso, presidente do Patriota, recorreu no TSE contra decisão de bloqueio do fundo partidário por irregularidades na prestação de contas. “Alegam que eu não passei dinheiro do Fundo para todos os Estados (diretórios). Não passei porque na metade dos Estados, os TREs condenam a direção, às vezes por presidente não prestar conta”.

Subindo

Complementa Barroso que vai ao STF, se for preciso, porque “ também não existe na lei a obrigatoriedade de mandar dinheiro para os diretórios estaduais”.

Coldre & volante

Os policiais federais e civis de São Paulo alertaram em ofício o prefeito Bruno Covas sobre a restrição de tráfego de veículos por causa da pandemia do coronavírus. Receiam que as operações, investigações e trabalhos diários dos agentes sejam prejudicados, porque usam carros descaracterizados e os próprios veículos para locomoção ao trabalho. A carta foi enviada pela seccional da ADPF e pelo Sindicato dos Policiais.

Notícia boa

Uma boa para a OAB comemorar. Seu ex-presidente do Conselho, o decano Marcelo Lavenére, venceu a luta contra o coronavírus após 44 dias de UTI.

Tristeza

A cracolândia voltou forte e ‘dissimulada’ em São Paulo, no mesmo bairro. A turma, em vez de concentrada, está mais dispersa. Mas usando drogas diariamente.

Tensão na educação

“Entendo que infelizmente, nós podemos dizer que o primeiro semestre está cancelado, mas eu temo que tenhamos que dizer que o ano de 2020 está cancelado”, essas são as palavras da reitora Denise Pires em videoconferência ontem com professores da UFRJ.

ESPLANADEIRA

# TotalPrass e PagSeguro PagBank lançam a campanha #ApoieUmaAcademia, para doações a pequenos empreendedores do setor.

# Unicesumar concede bolsas de até 100% para desempregados na pandemia. Informações no www.vemsemmedo.com.br.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Leandro Mazzini

Cenas do Brasil
Contágio na Caixa
Deixe seu comentário
Pode te interessar

Colunistas Educação sofre

Leandro Mazzini Serviço Tabajara?

Colunistas Salários sem aula