Sábado, 15 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Porto Alegre Câmara de Porto Alegre aprova moção de repúdio a declarações de Roberto Jefferson

Compartilhe esta notícia:

Vereadora Mônica Leal (PP) propôs a moção.

Foto: Jeannifer Machado/CMPA
Sessão Ordinária mista com participação do Secretário Municipal de Saúde Mauro Sparta. Na tribuna vereadora Monica Leal.

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou na tarde desta segunda-feira (12), com 30 votos favoráveis, moção de repúdio às declarações do ex-deputado federal e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, por racismo e antissemitismo.

A iniciativa da vereadora Mônica Leal (PP), em nome da comunidade judaica, repudia postagem publicada por Jefferson em uma rede social, na qual afirma que judeus sacrificavam crianças para receber simpatia de um determinado demônio e que estariam repetindo estas práticas.

“A história já mostrou, da forma mais dura e bárbara, como o racismo e o discurso de ódio são responsáveis pelos episódios mais terríveis da humanidade”, destacou a vereadora em seu requerimento.

“A insinuação é totalmente descabida, também conhecida como libelo de sangue, cujo significado retrata exatamente o teor das declarações do ex-deputado federal. Libelos de sangue são alegações antissemitas que acusam os judeus de assassinarem crianças cristãs (ou não judias ) para usarem o sangue das vítimas sacrificadas em rituais religiosos”, explicou ainda a vereadora.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Ministra do Supremo suspende decretos de Bolsonaro que ampliaram acesso a armas
Uma mulher de 54 anos é o primeiro caso fatal de dengue em Santa Cruz do Sul neste ano
Deixe seu comentário
Pode te interessar