Terça-feira, 07 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Light Rain

Porto Alegre Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada até 30 de junho

Compartilhe esta notícia:

Para evitar aglomerações, são mais de 100 locais disponíveis para imunização na Capital.

Foto: Robson da Silveira/SMS PMPA
Para evitar aglomerações, são mais de 100 locais disponíveis para imunização na Capital. (Foto: Robson da Silveira/SMS PMPA)

Grupos prioritários da campanha contra a gripe agora têm até 30 de junho para se vacinar, já que o Ministério da Saúde prorrogou a data de término, prevista anteriormente para o dia 5. Como estão mais sujeitos a complicações após infecção do vírus influenza, pessoas do público-alvo que ainda não garantiram a proteção devem procurar as farmácias parceiras da prefeitura ou unidades de saúde. Para evitar aglomerações, são mais de 100 locais disponíveis (confira antes de sair de casa). Crianças devem ser imunizadas nas unidades de saúde para manter o acompanhamento do calendário e atualização das vacinas de rotina.

Registros do SIPNI (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações) desta segunda-feira (1º), mostram que foram aplicadas 581,2 mil doses no público-alvo da campanha, que corresponde a 81,30% da meta geral de 715 mil pessoas em Porto Alegre. A ideia é ampliar a adesão de crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes e mulheres que tiveram bebês até 45 dias (puérperas). A meta da SMS (Secretaria Municipal de Saúde) é imunizar 81,3 mil crianças na faixa etária indicada na campanha, 12,5 mil gestantes e 2 mil puérperas (90% da estimativa populacional).

As unidades de saúde estão preparadas para o atendimento, com a separação do público que chega para vacinação de pessoas que buscam o serviço por quadro de doença, conforme os protocolos de distanciamento e higienização do Ministério da Saúde. “Vivemos em um local que, comparado a outros, tem uma situação bem mais tranquila. Então, temos que ir aos postos de saúde, claro que de forma segura e responsável”, orienta o médico da Diretoria-Geral de Vigilância em Saúde, Juarez Cunha. O uso de máscara de pano é recomendado para adultos e crianças a partir de dois anos de idade.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Coronavírus: legado para capital gaúcha passa por diversas áreas e inclui Educação, diz Marchezan
O governo gaúcho prevê 3 milhões de reais para geração de conteúdos culturais on-line durante a pandemia
Deixe seu comentário
Pode te interessar