Terça-feira, 27 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Cloudy

Porto Alegre Capital é premiada por ações no programa Primeira Infância Melhor

Compartilhe esta notícia:

Porto Alegre recebeu 1º lugar na categoria Visitador do Prêmio Salvador Celia.

Foto: Robson da Silveira/SMS PMPA
Porto Alegre recebeu 1º lugar na categoria Visitador do Prêmio Salvador Celia. (Foto: Robson da Silveira/SMS PMPA)

O trabalho realizado no programa PIM-PIA (Primeira Infância Melhor – Porto Infância Alegre), da prefeitura, recebeu o primeiro lugar no Prêmio Salvador Celia, categoria Visitador. A premiação integra a programação do 13º Seminário Internacional da Primeira Infância, iniciado na manhã desta segunda-feira (25) na Casa de Música da Ospa (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre), em Porto Alegre, com a presença do governador Eduardo Leite, da secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, e do secretário municipal de Saúde, Pablo Stürmer.

“A equipe do PIM-PIA está muito feliz em ganhar o prêmio na categoria Visitador pela primeira vez. Em uma única imagem, a visitadora Melissa Pellin conseguiu mostrar o nosso trabalho, que é o fortalecimento de vínculos afetivos, base para a construção cerebral das crianças”, avalia a coordenadora do programa na Capital, enfermeira Tatiane Bernardes.

O seminário é promovido pelo programa PIM (Primeira Infância Melhor), da Secretaria Estadual da Saúde, com apoio das secretarias estaduais de Educação, Cultura, Trabalho e Assistência Social e Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Também conta com apoio do Cedica-RS (Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente), Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) e Ospa. O evento ocorre dentro da programação da Semana Estadual do Bebê, entre 23 e 29 de novembro. Durante o seminário, também é realizado o 7º Encontro Estadual de Visitadores e entregue o 9º Prêmio Salvador Celia – concedido desde 2011.

O prêmio valoriza as boas práticas de visitadores do PIM, do Programa Criança Feliz, das equipes de Estratégia de Saúde da Família e de agentes comunitários de Saúde junto às famílias e comunidades atendidas. É também uma homenagem a Salvador Celia, reconhecido psiquiatra infantil que dedicou parte da sua vida a estudar e promover ações de cuidado a bebês e crianças. A 9ª edição do Prêmio Salvador Celia tem como tema “Um olhar sobre a primeira infância” e é promovido na modalidade fotografia.

Atendimentos

Hoje, no Rio Grande do Sul, são mais de 53 mil famílias, 58 mil crianças e 8 mil gestantes atendidas pelo PIM nos 238 municípios habilitados. Porto Alegre atende prioritariamente moradores dos bairros Mario Quintana, Rubem Berta, Ilhas e Bom Jesus. Conta também com uma equipe itinerante do PIM Prisional. Conforme Tatiane Bernardes, a escolha se justifica por serem regiões que abrigam crianças com alto grau de vulnerabilidade.

Em 2016, a capital gaúcha atendeu 531 crianças e 36 gestantes. Conforme dados do PIM-PIA, os número aumentaram nos anos subsequentes: em 2017, foram 629 crianças e 54 gestantes; em 2018, 776 crianças e 62 gestantes; e neste ano, de janeiro a setembro, 900 crianças e 105 gestantes.

As ações do PIM são voltadas ao desenvolvimento integral das capacidades e habilidades físicas, sociais e emocionais das crianças, tendo como eixo a sustentação da família, a comunidade e a intersetorialidade. Em Porto Alegre, é coordenado pela SMS (Secretaria Municipal de Saúde), que executa as atividades em conjunto com as áreas de Educação, Assistência Social e Cultura. O público-alvo são crianças de zero a 5 anos e 11 meses, e gestantes.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Rota no Centro Histórico de Porto Alegre receberá flores e poesia na sinalização
Confronto no Vale do Taquari deixa três suspeitos e uma policial mortos
Deixe seu comentário
Pode te interessar