Domingo, 26 de maio de 2024

Porto Alegre
Porto Alegre, BR
12°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Futebol CBF decide afastar três árbitros por tempo indeterminado após erros na primeira rodada do Brasileirão; um deles apitou jogo entre Grêmio e Vasco

Compartilhe esta notícia:

A vitória do Vasco por 2 a 1 contra o Grêmio não envolveu polêmicas de expulsões, mas, sim, por pênaltis não marcados. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Marcada por erros e atuações ruins de árbitros, a primeira rodada do Brasileirão 2024 fez a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) afastar três nomes da competição. Após um encontro entre o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, e o presidente da comissão de arbitragem, Wilson Seneme, foi definido que três juízes estão fora dos próximos jogos: Flávio Rodrigues de Souza (Vasco x Grêmio), André Luiz Skettino (Atlético-GO x Flamengo) e Yuri Elino (Corinthians x Atlético-MG).

A CBF, no entanto, evita tratar o caso com afastamento e não vai publicar oficialmente sobre a medida para não “expor os árbitros”. Os três irão passar pelo Programa de Assistência ao Desempenho da Arbitragem (Pada), que envolve treinamentos e testes até que sejam avaliados com condições de voltar a jogos. A informação foi noticiada inicialmente pelo portal de notícias Uol e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Após a passagem pelo Pada, o retorno será em divisões inferiores. Posteriormente, os árbitros podem retornar à Série A. Segundo o Uol, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, cobrou melhorias no desempenho ao presidente da comissão de arbitragem, Wilson Seneme. Uma dos pontos da cobrança é que sejam formados novos árbitros, mais adaptados às novas tecnologias do futebol, como os procedimentos do VAR.

A rodada de estreia do Brasileirão foi marcada por polêmicas no apito. Na vitória do Flamengo por 2 a 1 contra o Atlético-GO, o clube goiano reclama das expulsões de Maguinho e Alix Vinicius, além do técnico Jair Ventura, ainda no começo da partida. Já a equipe carioca cobrou um cartão vermelho para Alejo Cruz, que recebeu amarelo após uma entrada em Ayrton Lucas. O presidente do Atlético-GO criticou as decisões do campo e chegou a definir a arbitragem como “uma máfia”.

No empate por 0 a 0 entre Corinthians e Atlético-MG, a polêmica maior foi uma falta cometida por Fagner. O lateral atingiu Guilherme Arana e, em seguida, em uma entrada com a sola da chuteira, Matías Zaracho, e ficou apenas com o amarelo. Battaglia, do Atlético-MG, porém, foi expulso por reclamação. Após a partida, o técnico corintiano, António Oliveira, também recebeu o cartão vermelho ao apontar erros do árbitro.

A vitória do Vasco por 2 a 1 contra o Grêmio não envolveu polêmicas de expulsões, mas, sim, por pênaltis não marcados. No primeiro lance, Lucas Piton chega a prender a bola entre o braço e o corpo. O VAR acionou o árbitro, mas foi mantida a decisão de que não houve penalidade. Em outro lance, já no segundo tempo, Rodrigo Ely chuta um atacante vascaíno em uma dividia dentro da área. Nada foi marcado.

Não há prazo para o retorno do trio afastado após a decisão da CBF. Dos 10 jogos disputados, apenas três contaram com árbitros do quadro da Fifa. Um deles foi a própria vitória do Vasco, já que Flávio Rodrigues de Sousa é árbitro Fifa. Os outros foram Bráulio da Silva Machado (Fifa-SC) e Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa-PE) responsáveis pelas partidas mandadas por Vitória e Internacional, respectivamente.

Grêmio

Na segunda-feira (15), o Grêmio informou que “devido aos acontecimentos envolvendo as reclamações de arbitragem no jogo da primeira rodada do Campeonato Brasileiro, contra a equipe do Vasco da Gama”, ingressaria com uma reclamação formal na CBF.

Segundo o clube, os tais fatos, que “de forma imediata tomaram conhecimento do público, geraram uma incontestável crítica com a equipe de arbitragem”, também foram mencionados após a partida pelo vice-presidente de futebol do Grêmio Antônio Brum: “É um dia triste para o futebol brasileiro”, disse o dirigente gremista”, após o jogo em entrevista coletiva.

O vice de futebol do clube informou publicamente aos torcedores sobre a insatisfação com as ações da arbitragem: “Vamos protocolar requerimento em nome do Grêmio. A gente toma as atitudes, mas vamos ser duros desta vez. A gente fica muito triste. Não vamos permitir que esse tipo de coisa aconteça com o Grêmio. Para mim, é uma grande tristeza para o futebol brasileiro”, falou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo e do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

Bella Campos posta foto com look produzido e ganha cantada de Vini Jr.
Classificação do PSG à semifinal da Champions League com dois gols de Mbappé rende zoação a Neymar nas redes sociais
https://www.osul.com.br/cbf-decide-afastar-tres-arbitros-por-tempo-indeterminado-apos-erros-na-primeira-rodada-do-brasileirao-um-deles-apitou-jogo-entre-gremio-e-vasco/ CBF decide afastar três árbitros por tempo indeterminado após erros na primeira rodada do Brasileirão; um deles apitou jogo entre Grêmio e Vasco 2024-04-16
Deixe seu comentário
Pode te interessar