Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mostly Cloudy

Acontece Vem aí a 24ª edição do Liquida Porto Alegre com adesão recorde de 5.200 lojas participantes

Compartilhe esta notícia:

Da esquerda para a direita, Carlos Frederico Schmaedecke (coordenador do Liquida), Írio Piva (presidente da CDL), prefeito Marchezan Jr, primeira-dama Tainá Vidal e Oscar Frank( economista chefe da CDL POA)

Foto: Divulgação
Da esquerda para a direita, Carlos Frederico Schmaedecke (coordenador do Liquida), Írio Piva (presidente da CDL), prefeito Marchezan Jr, primeira-dama Tainá Vidal e Oscar Frank( economista chefe da CDL POA). (Foto: Divulgação)

A 24ª edição do Liquida Porto Alegre, promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL POA), apresenta recorde de participantes e perspectivas econômicas positivas de comercialização. A promoção acontece entre os dias 14 e 22 de fevereiro e já é considerada a maior liquidação do Brasil, com adesão este ano de 5.200 estabelecimentos, que representam um incremento de 15% sobre o ano anterior. O lançamento oficial aconteceu na manhã desta quinta-feira (13), no Salão Nobre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, na presença do presidente da CDL POA, Írio Piva, do coordenador do Liquida Porto Alegre, Carlos Frederico Schmaedecke, do economista-chefe da entidade, Oscar Frank, da primeira-dama do município, Tainá Vidal e do prefeito Nelson Marchezan Jr.

Írio Piva destacou as bandeiras da nova gestão da CDL POA, calcadas em tecnologia e inovação, aplicadas a esta edição 2020 do Liquida. “Ampliamos nossa presença no meio digital, não só para reforçar a marca junto aos consumidores, mas também para aumentar o engajamento e a participação dos lojistas por meio da divulgação das promoções de cada empresa nas redes sociais da campanha”.

Carlos Frederico, entusiasmado com as adesões, deixou claro que outras estarão acontecendo nos próximos dias. O objetivo, segundo ele, é aumentar as vendas do varejo no período que, tradicionalmente, é de menor resultado no setor. O Liquida, como aponta o coordenador, encontra no segmento de moda e acessórios os maiores adeptos, seguido de casa e decoração, farmácia, alimentos e bebidas, automóveis, entre outros.

O economista-chefe da CDL POA traçou um perfil do mercado, apontando algumas determinantes para o sucesso do Liquida, como a venda real, confiança das famílias e retomada do mercado de trabalho, no rastro dos melhores desempenhos do emprego formal, apontadas no final de 2019.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior encerrou a cerimônia de lançamento do Liquida Porto Alegre agradecendo às entidades, todas buscando convergências na busca de superação, “assumindo a responsabilidade de mudar nossa cidade. Estou muito feliz de estar aqui hoje”. Na visão do prefeito, a promoção faz a economia girar. Ele aproveitou a ocasião para registrar as últimas ações da prefeitura e traçar algumas perspectivas que envolvem melhorias na orla, em vias públicas, na capina e em outras áreas. “A cidade foi perdendo um pouco de sua beleza mas a tendência é de melhorar em beleza e segurança. Isso é uma sequência de trabalho e eu garanto que a cidade, em um ou dois anos, numa melhora mês a mês, será uma cidade mais bonita, mais segura”. Marchezan citou a implantação em breve das novas placas de ruas, novas paradas de ônibus e mobiliário urbano, entre outras iniciativas que envolvem a participação de investidores do mercado interno e externo. (Clarice Ledur)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Lucro dos quatro maiores bancos do Brasil cresce 18% em 2019 e passa de R$ 81 bilhões
Começa a 36ª Cavalgada do Mar
Deixe seu comentário
Pode te interessar