Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

Rio Grande do Sul Celulares apreendidos em presídio são destinados aos alunos da rede pública em Pelotas

Compartilhe esta notícia:

Aparelhos serão usados em aulas remotas.

Foto: Divulgação/MPRS
Aparelhos serão usados em aulas remotas. (Foto: Divulgação/MPRS)

O Ministério Público de Pelotas, por meio da Preduc (Promotoria Regional de Educação), a Secretaria Municipal de Educação e Desporto e o Conselho Municipal de Educação assinaram nesta quarta-feira, 05 de agosto, Termo de Colaboração para destinar 225 celulares, quatro notebooks e dois tablets apreendidos no Presídio Regional de Pelotas, que normalmente são encaminhados para destruição, aos alunos da rede pública de ensino para que tenham acesso às aulas remotas no momento da pandemia.

O aparelhos eletrônicos repassados pelo promotor de Justiça Paulo Roberto Gentil Charqueiro, titular da Preduc, ao secretário de Educação, Artur Corrêa, serão destinados para os conselhos educacionais e, posteriormente, encaminhados aos pais de alunos.

“A possibilidade da disponibilização de recursos tecnológicos aos estudantes sem acesso à modalidade de estudos domiciliares facilita o contato da escola com o aluno e possibilita a utilização de uma modalidade interativa de aprendizagem”, destacou o promotor.

Também participaram do ato de assinatura do termo, no Foro da Comarca de Pelotas, representantes da Brigada Militar e da Susepe (Superintendência de Serviços Penitenciários).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Governo russo concederá registro para vacina contra o coronavírus na quarta-feira
Dia Estadual do Patrimônio Cultural tem programação on-line
Deixe seu comentário
Pode te interessar