Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Brasil Companhias aéreas vão barrar malas de mão fora do padrão

Compartilhe esta notícia:

Malas fora do padrão serão barradas pelas companhias aéreas (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A partir desta quarta-feira (10), as companhias aéreas brasileiras passam a fiscalizar com mais rigor o tamanho das malas de bordo. A medida foi anunciada pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Inicialmente, os aeroportos do país vão educar os passageiros sobre o tamanho da bagagem permitida em voos domésticos. Após duas semanas, as malas que não estiverem dentro do padrão permitido, serão barradas pelas companhias aéreas.

Os primeiros aeroportos a adotarem a medida serão os de Brasília (DF), São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (PR), Natal (RN) e Viracopos, em Campinas (SP). Nos próximos dias, serão incluídos outros, como os de São Paulo e Rio de Janeiro.

Segundo a Abear, o objetivo da ação é “agilizar o fluxo dos clientes nas áreas de embarque, evitando atrasos e trazendo maior conforto para todos os passageiros”. As companhias alegam que, desde o início da cobrança da bagagem despachada, muitas pessoas passaram a levar malas maiores a bordo. Sem espaço suficiente para todas as malas dentro da cabine de passageiros, algumas delas precisam ser transferidas de última hora para o porão do avião, causando confusões e até atrasos em voos.

Coordenada pela Abear, a fiscalização será feita antes do passageiro entrar na área de raio-x para o embarque. A Associação deverá usar uma caixa que servirá como gabarito para identificar se as malas estão dentro dos padrões. Segundo as normas internacionais da Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo), as bagagens de mão podem ter no máximo 35 centímetros de largura, 25 centímetros de profundidade e 55 centímetros de altura. Essa medida vale para todas as companhias aéreas.

 

(Foto: Divulgação/Abear)

 

Veja a data de implementação em cada um dos aeroportos:

10 de abril: Aeroporto Juscelino Kubitschek (Brasília/DF); Aeroporto Afonso Pena (Curitiba/PR), Aeroporto Viracopos (Campinas/SP), Aeroporto Aluízio Alves (Natal/RN)

 Período de orientação ao passageiro: até 24 de abril

Início da triagem: 25 de abril

17 de abril: Aeroporto de Confins (Belo Horizonte/MG), Aeroporto Pinto Martins (Fortaleza/CE), Aeroporto Guararapes – Gilberto Freyre (Recife/PE), Aeroporto Luís Eduardo Magalhães (Salvador/BA), Aeroporto Val-de-Cans – Júlio Cezar Ribeiro (Belém/PA)

Período de orientação ao passageiro: até 1 de maio

Início da triagem: 2 de maio

24 de abril: Aeroporto Santa Genoveva (Goiânia/GO), Aeroporto Salgado Filho (Porto Alegre/RS), Aeroporto de Congonhas (São Paulo/SP), Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos/SP); Aeroporto RIOGaleão – Tom Jobim (Rio de Janeiro/RJ), Aeroporto Santos Dumont (Rio de Janeiro/RJ)

Período de orientação ao passageiro: até 12/maio

Início da triagem: 13 de maio

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

32º Fórum da Liberdade: Olavo de Carvalho culpa militares pela ascensão esquerdista
Governo federal quer reduzir preço do gás de cozinha
Deixe seu comentário
Pode te interessar