Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo Coreia do Norte não participará dos Jogos Olímpicos devido aos riscos do coronavírus

Compartilhe esta notícia:

O Comitê Olímpico Norte-Coreano decidiu em reunião "não participar da 32ª edição dos Jogos, para proteger os atletas da crise de saúde mundial gerada pela Covid-19"

Foto: Reprodução
O Comitê Olímpico Norte-Coreano decidiu em reunião "não participar da 32ª edição dos Jogos, para proteger os atletas da crise de saúde mundial gerada pela Covid-19". (Foto: Reprodução)

A Coreia do Norte não participará dos Jogos Olímpicos de Tóquio, devido aos riscos do novo coronavírus, anunciou nesta terça-feira (06) o ministro dos Esportes daquele país.

O Comitê Olímpico Norte-Coreano decidiu em reunião “não participar da 32ª edição dos Jogos, para proteger os atletas da crise de saúde mundial gerada pela Covid-19”, indicou o serviço de informações do Ministério dos Esportes.

A última participação olímpica do isolado e nuclearizado país norte-coreano foi em Jogos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul, e contribuiu para a reaproximação diplomática entre os dois vizinhos em 2018.

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, enviou a irmã Kim Yo Jong para esses jogos, nos quais o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, aproveitou para promover negociações entre Pyongyang e Washington que resultaram em dois encontros entre Kim e o presidente americano, que na época era Donald Trump.

O anúncio de Pyongyang põe fim às esperanças de Seul de transformar os adiados Jogos de Tóquio em uma nova oportunidade para reativar o processo de negociação da paz que atualmente está paralisado.

O anúncio, que data desta segunda-feira, publicado no site do Ministério dos Esportes, indica que trata-se de uma decisão do Comitê Olímpico Nacional ocorrida no dia 25 de março. A agência de notícias estatal KCNA já havia informado sobre a reunião, mas sem mencionar a decisão.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Bogotá, na Colômbia, impõe confinamento para frear terceira onda de coronavírus
Hospitais de Buenos Aires, na Argentina, têm longas filas para testes de coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar