Sábado, 04 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Acontece Cremers e Secretaria Municipal de Saúde orientam sobre emissão de atestados médicos para suspeitos de infecção do Coronavírus na rede de saúde de Porto Alegre

Foto: BANCO DE DADOS/O SUL

O Cremers, juntamente à Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre (SMS), divulga aos médicos que exercem a profissão em hospitais, clínicas e unidades de saúde da capital do Rio Grande do Sul orientações para isolamento de pacientes com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus (Covid-19). Atualmente, a Vigilância Epidemiológica do Rio Grande do Sul atesta que não há casos confirmados no estado, conforme o Ministério da Saúde.

Os indivíduos que apresentarem sintomas, se enquadrarem na definição de caso suspeito da doença respiratória, e que possuírem condições de acompanhamento domiciliar deverão receber atestado médico, determinando afastamento de 14 dias a contar do início dos sintomas, para evitar maior contaminação do público.

Os casos confirmados como suspeitos devem receber o CID-10 B34.9, desde que autorizados pelo paciente. Essas medidas visam a restringir ao máximo a circulação do paciente nos serviços de saúde e prevenir a disseminação da doença.

A decisão é baseada em nota conjunta assinada pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Conselho Regional de Medicina como uma das medidas de prevenção ao Covid-19. O objetivo é restringir a circulação dos pacientes acometidos pela doença nos serviços de saúde e prevenir a disseminação do vírus.

Para a determinação, foram considerados o Boletim Epidemiológico 01 do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública do Ministério da Saúde; o Alerta Epidemiológico emitido em 27 de janeiro pela Equipe de Vigilância Epidemiológica de Porto Alegre; a Portaria 188, que declara Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional em decorrência da Infecção Humana pelo novo coronavírus; o fluxo de atendimento elaborado pela SMS, entre as áreas de Vigilância Epidemiológica, Coordenação Municipal de Urgências, Atenção Hospitalar e Atenção Primária; e que todas as medidas tomadas têm relevância para contingência de casos de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19) e são de relevância de saúde pública.

LEIA AQUI A NOTA CONJUNTA NA ÍNTEGRA (http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/cs/usu_doc/nota-cremers.pdf)

Sintomas da doença

Os principais sintomas do Covid-19 são febre, tosse e dificuldade para respirar. Orienta-se ainda investigação para casos de pacientes que tenham apresentado sintomas e tenham viajado para a China e países com casos confirmados em um período mínimo de 14 dias ou que tenham entrado em contato com pessoas que lá estiveram.

Transmissão

As formas de transmissão do vírus ainda estão em investigação, mas a disseminação por contato com pessoas infectadas está ocorrendo desde os primeiros casos apontados em Wuhan, na China.

A contaminação pode ocorrer por meio de gotículas de saliva; espirros; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas.

Diagnóstico

Segundo o Ministério da Saúde, o diagnóstico é feito por meio da coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). É necessária a coleta de duas amostras na suspeita do coronavírus e as duas serão encaminhadas com urgência para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), sendo que uma das amostras será enviada à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, e outra amostra será enviada para análise metagenômica.

Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

Tratamento

O tratamento da doença é feito com acompanhamento médico em todas as circunstâncias. Por enquanto, há medidas para alívio dos sintomas como o uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos) e o uso de umidificador nos cômodos em que o paciente ficará em repouso, bem como banhos quentes para auxiliar em dores de garganta e tosse.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

O Boticário abre terceira loja em novo modelo no Hiper Bourbon Shopping
Coral Ítalo-Brasileiro RS seleciona vozes
Deixe seu comentário
Pode te interessar