Terça-feira, 07 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul Distorção idade-série do Ensino Médio nas escolas do Rio Grande do Sul tem a segunda maior redução do País

Os dados são do Censo Escolar.

Foto: Arquivo/Agência Brasil
A medida ocorre após a suspensão das aulas por causa do novo coronavírus no País. (Foto: Arquivo/Agência Brasil)

O Rio Grande do Sul reduziu a taxa de distorção idade-série do Ensino Médio nas escolas estaduais em 4,7% em relação ao ano anterior. É a segunda maior queda entre os 26 Estados brasileiros, atrás somente do Paraná. Em 2018, o índice era de 38,1%. Em 2019, o percentual diminuiu para 33,4%. No Ensino Fundamental, o Estado também melhorou seus índices, passando de 24,4% para 23,7% no mesmo período. Os dados são do Censo Escolar e foram publicados no portal do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), nesta sexta-feira (28).

Entre as razões para a melhora do indicador que acompanha o percentual de alunos que estão dentro da série esperada estão as intervenções sistemáticas de correção de fluxo nas instituições de ensino; o trabalho realizado pelos projetos Seduc (Secretaria da Educação) em Missão e Aluno Presente, que promoveram um diálogo direto com os diretores das 2,5 mil escolas de interior e capital para avaliar as práticas pedagógicas; a implantação da política educacional Escola Gaúcha e o monitoramento e gerenciamento constante dos dados escolares coordenado pelo Departamento de Planejamento da Seduc.

O secretário da Educação, Faisal Karam, atribui a melhora do índice ao trabalho de gestão e à reorganização da Rede Estadual de Ensino. “Nós buscamos, desde o início do ano passado, um olhar individual sobre as escolas. Ouvindo, dialogando e encontrando, junto aos gestores das instituições, soluções práticas para qualificar o ensino e contribuir para a permanência do estudante em sala de aula”, explica.

“O foco, para 2020, será melhorar a realidade do Ensino Fundamental e manter o bom trabalho feito até agora no Ensino Médio”, adianta o secretário. A partir de abril, ocorrerá mais uma edição do projeto Aluno Presente, em que professores e diretores serão recebidos para as devolutivas em relação aos indicadores.

Censo Escolar

A distorção idade-série é o indicador educacional que permite acompanhar o percentual de alunos, em cada série, que têm idade acima da esperada para o ano em que estão matriculados. O Censo Escolar da Educação Básica tem como data de referência a última quarta-feira do mês de maio no ano da pesquisa. Principal pesquisa estatística sobre a educação básica, o censo é coordenado pelo Inep e realizado em regime de colaboração com as secretarias estaduais e municipais de educação. Com a participação de todas as escolas públicas e privadas do País, são coletados dados de diferentes etapas e modalidades da educação básica: regular, especial, profissional e educação de jovens e adultos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Acordo garante visto gratuito a estudantes e docentes do Mercosul
Tesouro paga novo grupo de salários nesta sexta-feira e quita a folha para 51% dos servidores
Deixe seu comentário
Pode te interessar