Sexta-feira, 23 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

| Caso Bernardo: Edelvânia Wirganovicz é condenada a 23 anos de prisão

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Reprodução/TJRS)

Mais uma sentença é proferida pela juíza Sucilene Engler. Edelvânia Wirganovicz recebe pena de 23 anos de prisão. A enfermeira foi acusada pelos crimes de homicídio triplamente qualificado (mediante paga promessa de recompensa, emprego de veneno e dissimulação) contra vítima menor de 14 anos e ocultação de cadáver triplamente qualificada. Ela não poderá recorrer em liberdade.

Leandro Boldrini, pai do menino Bernardo, foi condenado a 33 anos e 8 meses e Graciele Ugulini, madrasta e principal acusada, recebeu a maior pena, de 34 anos e 7 meses de prisão.

Confira a matéria completo sobre a julgamento do caso:

Entenda todas as etapas do julgamento do ‘Caso Bernardo’

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de |

Produtor rural pode comprar veículos premium com descontos especiais
Caso Bernardo: pena máxima para o pai, Leandro Boldrini
Deixe seu comentário
Pode te interessar