Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Futebol Em novo ciclo, Pia Sundhage renova seleção brasileira feminina de futebol e cobra estilo mais imprevisível

Compartilhe esta notícia:

Animada com a nova fase da equipe, a treinadora da Canarinho elogiou a rivalidade contra a Argentina. (Foto: Talita Gouvêa/CBF)

A Seleção Brasileira Feminina de futebol está pronta para encarar o primeiro desafio previsto na janela da Data FIFA, que se estende até o dia 21 de setembro. Nesta sexta-feira (17), as jogadoras brasileiras entram em campo diante da Argentina no primeiro de dois jogos preparatórios agendados para o período contra as “Hermanas”. A bola rola às 16h no Estádio Governador Ernani Sátiro, o Amigão, em Campina Grande (PB).

Às vésperas do confronto, a técnica Pia Sundhage participou de coletiva de imprensa virtual para atender aos questionamentos de imprensa. Em um novo ciclo no time, a treinadora renovou a seleção feminina de futebol e agora quer um estilo mais imprevisível de jogo. Animada com a nova fase da equipe, a treinadora da Canarinho elogiou a rivalidade contra a Argentina e frisou que os compromissos diante das “vizinhas” serão de extrema importância vislumbrando o futuro de sua equipe.

“Sobre a Argentina, é interessante de analisar. Assistimos ao jogo delas contra a Venezuela, elas estão com um técnico novo. Acreditamos que elas jogarão com o meio bastante congestionado, com ao menos quatro jogadoras nesse setor. Então será importante para nós acelerar as jogadas. Mas também temos que nos atentar na defesa quando elas atacarem, para não permitir tantas bolas longas, porque elas usarão isso para tentar colocar pressão em nós. Os primeiros 45 minutos serão interessantes para ver como elas jogarão, porque a expectativa é que elas atuem um pouco diferente”, previu Pia, antes de falar sobre a peculiaridade que gira em torno de um clássico sul-americano:

“Eu realmente gosto deste tipo de jogo, de lutar, competir contra o seu ‘vizinho’. Até porque temos que ter isso para vencer algo. Sinto que esse é um jogo contra um bom oponente, que tirará a melhor performance de nós no campo. Isso é bom para todos nós, incluindo a comissão técnica. Não podemos dar nada como vencido. O fato de futebol feminino evoluir tão rápido, faz com que todas as equipes e seleções estejam cada vez melhores. Jogar com a Argentina duas vezes será de extrema importância para nós, será divertido”.

Para este período de preparação, Pia Sundhage apostou na renovação. Ao todo, seis estreantes compõem o grupo reunido na Paraíba. Com novas caras no elenco, a técnica do Brasil pretende implementar algumas mudanças no estilo de jogo – sobretudo na parte ofensiva.

“Sobre o novo ciclo com as novas jogadoras, algo importante é criarmos um time que acredite no que está fazendo. Sobre o estilo de jogo, queremos achar uma forma diferente de atacar, temos que nos tornar um pouco mais imprevisíveis. Para fazer isso, temos que mudar a velocidade de jogo. Isso significa também que não tem a bola precisa correr um pouco mais, realizar esses ‘sprints’ imprevisíveis, nas costas das linhas de defesa adversárias. Espero que possamos absorver um pouco desse novo estilo nesse primeiro passo pensando no futuro”, explicou a técnica.

Animada com a atmosfera presente na concentração da Canarinho, Pia fez questão de elogiar o carinho da torcida paraibana. De acordo com a sueca, a receptividade calorosa do público da região renova as energias de suas atletas e comissão técnica.

“A recepção (dos torcedores) tem sido fantástica, muitas pessoas acenando, querendo fotos. Então imagine quando a Marta passa pelo hotel. Então é algo que traz um frescor. Algo que também traz esse frescor são as novas jogadoras. Agora estamos lidando com as ideias de jogo. A Erica, por exemplo, já ouviu isso muitas vezes. Mas para Katrine será a primeira vez que ela escutará sobre isso. Então é algo interessante, gosto da nossa atmosfera. Estou bem ansiosa para o jogo de amanhã. Espero ver algo um pouco diferente do que vimos nas Olimpíadas”, concluiu.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

Tite convocará Seleção Brasileira no dia 24 para mais três jogos das Eliminatórias e terá atletas da Inglaterra
Justiça Desportiva concede efeito suspensivo e Gabigol está liberado para reforçar o Flamengo contra o Grêmio
Deixe seu comentário
Pode te interessar