Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Light Drizzle

Magazine Ex-mulher mostra em tribunal foto de mesa de café da manhã de Johnny Depp com cerveja, vinho, uísque e cocaína

Compartilhe esta notícia:

Depp e Heard foram casados entre 2015 e 2017. (Foto: Reprodução)

A atriz e modelo Amber Heard apresentou à Justiça do Reino Unido uma foto que mostra a mesa de café da manhã do ex-marido, o ator Johnny Depp. A imagem apresentada pela celebridade mostra uma mesa com copos com cerveja e uísque e quatro linhas de cocaína.

No mesmo local ainda estão materiais para consumo de drogas, uma caixa de cigarros, a carteira de motorista de Depp, uma caixinha de metal com as iniciais do ator na qual as drogas seriam guardadas e um CD do músico Keith Richards.

A ex-esposa de Depp também divulgou uma foto na qual ele aparece aparece caído ao lado de uma cama.

As imagens foram apresentadas por Heard no julgamento do processo movido por Depp contra o jornal britânico The Sun em busca de uma indenização por tê-lo chamado de ‘espancador de mulheres’ em seguida às acusações de violência doméstica por parte de sua ex-esposa. A atriz foi convocada para depor por parte da defesa do diário inglês.

Junto com as imagens, Heard apresentou novas acusações contra o ex, noticia o Daily Mail. Ela o acusou de ter ameaçado jogar seu cãozinho yorkshire terrier Pistol de um carro em movimento após uma noitada a base de cocaína e uísque. Ela também disse que Depp ameaçava constantemente colocar o cachorro no forno microondas da casa deles. Heard ainda contou um episódio no qual o cachorro comeu a maconha do ator.

Ele confirmou que o cão comeu a maconha, disse ter brincado com a possibilidade de colocá-lo no forno microondas, mas negou que tenha cogitado jogá-lo da janela do carro. Depp respondeu à alegação da advogada do jornal afirmando: “Não, senhora, eu não acho que segurar um cachorro indefeso de 1,5 kg pela janela de um carro em movimento seja um conceito pessoal de diversão”.

Depp e Heard foram casados entre 2015 e 2017. Ao tornar público o fim do casamento, Heard acusou o ex de agressões domésticas e divulgou uma série de imagens que mostra seu rosto com várias lesões e hematomas decorrentes dos ataques do ex. Desde então, ela insiste em sua versão dos ocorridos e Depp nega as acusações.

Ao longo das seções mais recentes do julgamento ele já confirmou seus vícios em drogas e os dramas vividos por ele com o uso de substâncias ilegais. Em um depoimento recente ele inclusive contou como seu primeiro contato com drogas foi roubando medicamentos de sua mãe.

“A minha mãe me pedia para pegar as pílulas para os nervos dela e eu tomava uma, foi assim que descobri que aquela era a única forma de amenizar meus sofrimentos”, contou. “Assim eu já tinha usado todas as drogas conhecidas pelo homem aos 14 anos”.

Ele também atribuiu seus hábitos com drogas aos seus “heróis literários” durante a juventude: “Eu sempre tive um interesse pela contracultura e muitos dos meus heróis literários, como Geoffrey Chaucer, viciado em ópio, e Thomas De Quincey, autor de ‘Confissão de um Comedor de Ópio’, tratavam desses assuntos”.

Depp também citou no julgamento uma frase do jornalista Hunter S. Thompson, seu ídolo pessoal e interpretado por ele em ‘Medo e Delírio’ (1998) e ‘Diário de um Jornalista Bêbado’ (2012): “Eu odeio advogar a favor de drogas, álcool, violência e insanidade, mas sempre funcionaram para mim”.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Magazine

Bilionário Elon Musk pode retirar apoio à candidatura de Kanye West à presidência dos Estados Unidos
Donald Trump chamou Madonna de feia e gorda após ser rejeitado por ela, revela sobrinha do presidente americano
Deixe seu comentário
Pode te interessar