Sábado, 17 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy

Mundo Facebook: dados de 533 milhões de usuários são vazados na internet

Compartilhe esta notícia:

Entre as informações disponibilizadas indevidamente estão nome, telefone celular, profissão, cidade de origem e estado civil

Foto: Facebook/Divulgação
Entre as informações disponibilizadas indevidamente estão nome, telefone celular, profissão, cidade de origem e estado civil. (Foto: Facebook/Divulgação)

Dados pessoais de 533 milhões de usuários do Facebook foram vazados na internet, segundo informações publicadas pelo Business Insider neste sábado (03). Entre as informações que estariam disponíveis na rede estão: nome, telefone celular, profissão, cidade de origem e estado civil.

O vazamento foi divulgado em um fórum da internet aberta, onde os dados podem ser indexados a buscadores como o Google e o Bing, em junho do ano passado. Em vazamentos anteriores, os dados roubados eram disponibilizados na Dark Web, uma região da internet de difícil acesso para usuários comuns e muito utilizada para a prática de crimes virtuais.

Além de contas no Brasil, também foram divulgadas informações de pessoas em outros 105 países, como Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Argentina e Uruguai.

Alon Gal, executivo da Hudson Rock, empresa de inteligência de crimes cibernéticos, descobriu o banco de dados vazados em 12 janeiro deste ano, quando um usuário de um fórum de hackers anunciou uma ferramenta automatizada que poderia fornecer números de telefone para centenas de milhões de usuários do Facebook.

“Um banco de dados desse tamanho contendo informações privadas, como números de telefone de muitos usuários do Facebook, certamente levaria os maus atores a tirar proveito dos dados para realizar ataques de engenharia social [ou] tentativas de hackers”, disse Gal ao Business Insider.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Ministro do Supremo Nunes Marques intima o prefeito de Belo Horizonte a cumprir decisão que libera missas e cultos presenciais
Comissão de deputados vê Ministério da Educação omisso na pandemia de coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar