Domingo, 17 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Futebol Fifa repudia violência “abominável” durante jogo entre Inglaterra e Hungria

Compartilhe esta notícia:

Policiais entram em confronto com torcedores húngaros durante partida entre Inglaterra e Hungria pelas eliminatórias para a Copa do Mundo em Wembley. (Foto: Reprodução)

A Fifa (entidade máxima do futebol) está investigando os confrontos entre policiais e torcedores húngaros no Estádio de Wembley durante o jogo de terça-feira contra a Inglaterra, e disse ter “tolerância zero com um comportamento tão abominável”.

A entidade que comanda o futebol mundial também está analisando incidentes da partida entre Albânia e Polônia em Tirana, onde garrafas foram lançadas no campo depois que os poloneses marcaram um gol.

“Atualmente, a Fifa está analisando relatos sobre as partidas eliminatórias da Copa do Mundo da Fifa para determinar a ação mais apropriada”, disse a entidade em um comunicado.

“A Fifa repudia fortemente os incidentes em Inglaterra x Hungria e Albânia x Polônia e gostaria de comunicar que sua posição continua firme e resoluta ao rejeitar qualquer forma de violência, assim como qualquer forma de discriminação ou ofensa.”

“A Fifa tem uma postura muito clara de tolerância zero com um comportamento tão abominável no futebol”, acrescentou.

A polícia foi atacada por torcedores húngaros depois que foi para a área reservada aos torcedores visitantes e teve que recuar.

A Polícia Metropolitana de Londres disse que agiu depois que um funcionário do estádio foi alvo de uma ofensa racista.

“Pouco após o início da partida desta noite em Wembley, policiais entraram na arquibancada para prender um espectador devido a um delito público racialmente agravado após comentários contra um funcionário do estádio”, disse a polícia no Twitter.

Comunicado

“A Fifa está atualmente analisando relatórios das partidas das eliminatórias da Copa do Mundo a fim de determinar a ação mais apropriada. A Fifa condena veementemente os incidentes de Inglaterra x Hungria e Albânia x Polônia e gostaria de declarar que sua posição permanece firme e decidida na rejeição de qualquer forma de violência, bem como de qualquer forma de discriminação ou abuso. A Fifa tem uma postura muito clara de tolerância zero contra esse comportamento repulsivo no futebol”, diz o comunicado da entidade.

A Hungria recebeu ordem de jogar duas partidas com portões fechados devido ao comportamento racista de seus torcedores durante a eliminatória contra a Inglaterra em Budapeste. Raheem Sterling e Jude Bellingham foram alvo de gritos de macaco durante a partida em 2 de setembro.

Em julho, a Uefa impôs uma igual sansão à federação húngara após uma investigação sobre o comportamento de seus torcedores durante os jogos da Euro 2020 em Budapeste e Munique. As informações são da agência de notícias Reuters e do site GE.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

Alemanha goleia a Macedônia do Norte e é a primeira seleção a garantir vaga na Copa do Mundo de 2022
Impedimento “automático”? Recurso poderá ser usado na Copa de 2022, diz dirigente da Fifa
Deixe seu comentário
Pode te interessar