Terça-feira, 28 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Geral Golpe do FGTS está vitimando muitos trabalhadores por meio de sites falsos

Compartilhe esta notícia:

Empregadores terão mais tempo para depositar atrasados nas contas de funcionários. (Foto: Divulgação)

Trabalhadores brasileiros que possuem saldo no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) devem ficar atentos ao novo golpe que está circulando via plataformas digitais. A polícia civil informou que as quadrilhas estão anunciando falsas liberações de saque pelo FGTS.

As falsas promessas de saque do FGTS estão circulando novamente em sites e mensagens compartilhadas em redes sociais. Somente no período entre janeiro e maio de 2021, o laboratório especializado em segurança digital da PSafe (dfndr lab) detectou quase 10 mil tentativas deste tipo de golpe. O número representa a quantidade de acessos e compartilhamentos de links com essa temática.

Boa parte das fraudes tenta atrair as vítimas dizendo que o governo está novamente liberando o saque emergencial do benefício na pandemia, o que não ocorreu este ano.

Em 2020, golpe atingiu seu auge entre abril e maio, após anúncio de liberação de saque emergencial do FGTS por causa da crise sanitária com a pandemia com a liberação de saques emergenciais do FGTS. No período, as detecções explodiram, superando 66 mil em um único mês, em maio.

De acordo com Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, em 2021 o golpe do FGTS tem dividido atenções com outros golpes de phishing, como as falsas vagas de empregos, os falsos brindes e os golpes com a temática Pix, entre outras tentativas de estelionato.

“O golpe do FGTS já não é uma das temáticas que mais fazem vítimas no País, mas seu risco tampouco pode ser ignorado”, alerta Simoni.

Como funciona o golpe?

Os cibercriminosos criam uma página com a falsa proposta de cadastro para o saque do benefício, e através dessa página solicitam dados pessoais das vítimas. Em seguida pedem o compartilhamento do link malicioso com seus contatos, como uma suposta garantia para o recebimento do valor de até R$3.900,00.

Para dar ainda mais veracidade ao golpe, os criminosos simulam ainda falsos comentários de pessoas que teriam obtido sucesso em receber o benefício. Segundo Emilio Simoni, esta não é uma metodologia nova mas um golpe que a cada oportunidade é repaginado pelos golpistas.

Devido ao crescimento do golpe em meio a população, o Cert.br (Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil), reforça aos trabalhadores que fiquem atentos a supostos links enviados pela internet.

“É importante ficar alerta e desconfiar de e-mails e mensagens. Principalmente se for para clicar em algum link para um outro site ou para fornecer dados”, diz Caio Augustus, especialista em cibersegurança. As informações são do jornal O Globo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Caso Lázaro: 270 policiais ainda buscam por serial killer em Goiás
Saiba por que não devemos escolher qual vacina contra o coronavírus tomar
Deixe seu comentário
Pode te interessar