Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Cloudy

Rio Grande do Sul Em entrevista exclusiva à Rádio Pampa, o governador gaúcho Eduardo Leite afirma “manter a sensatez com base na ciência”

Compartilhe esta notícia:

Governador Eduardo Leite (foto) foi entrevistado pelo comunicador Gustavo Victorino

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini
Governador Eduardo Leite falou, com exclusividade, para a RÁDIO PAMPA. (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, concedeu entrevista ao vivo e exclusiva para a Rádio Pampa, FM 97,5 nesta quinta-feira (09).

Entrevistado pelo comunicador Gustavo Victorino, Eduardo Leite falou sobre a postura do governo frente à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.  Entre as diversas questões abordadas, o governador sintetizou que o conjunto de medidas tomadas está baseado em “manter a sensatez com base na ciência, nas evidências e fatos.”

Sobre o distanciamento social, Leite ressaltou que o governo projeta para os próximos meses uma queda de arrecadação do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em torno de 30%.

Questionado sobre o decreto que determina o fechamento temporário do comércio e outros setores, Leite afirmou: “Não podemos tomar medidas mais restritivas do que seja sensato. Mas, por outro lado, não podemos ser irresponsáveis de relaxar por conta de setores econômicos que querem, simplesmente, que se ignorem as recomendações”.

O governador condenou toda a tentativa de politização em torno da pandemia, dizendo que: “Não cederei a pressão, nem para um lado, nem para o outro. Com responsabilidade, com base nas ciências é que vamos tomar as medidas cabíveis”, declarou.

Eduardo Leite comentou ainda sobre a pesquisa científica de prevalência, que será centralizada pela Universidade Federal de Pelotas. A partir deste final de semana vão ser realizadas quadro rodadas de testes, envolvendo cinco mil casos cada, incluindo pessoas com e também sem os sintomas da Covid-19.

Segundo o governador, com base nestes dados da pesquisa e ainda com um panorama geral das internações registradas nos cerca de 300 hospitais relacionados em todo o Estado, será possível compreender a disseminação da doença e a situação concreta do RS.

Os dados devem chegar as mãos do governador na próxima terça ou quarta-feira(14 ou 15 de abril).  “A partir daí, com um controle em tempo real, poderemos pensar em relaxamento das medidas restritivas”, finalizou Eduardo Leite, em entrevista exclusiva à Rádio Pampa, emissora da Rede Pampa de Comunicação.

Escute a Rádio Pampa:

FM 97,5  –   Site:  www.radiopampa.com.br 

Aplicativos para celular   –  NET Canal 300

Clique abaixo para ouvir a entrevista completa do governador Eduardo Leite, concedida com exclusividade à Rádio Pampa:

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Falta de exames na Espanha impede número exato de mortes por coronavírus
Moradora de Passo Fundo, de 61 anos, é a 12ª vítima do coronavírus no Estado
Deixe seu comentário
Pode te interessar