Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Governador gaúcho participa da abertura do Setembro Dourado, mês de conscientização do câncer infanto-juvenil

Compartilhe esta notícia:

Leite disse que é uma honra participar da missão de conscientizar para que sinais de câncer sejam percebidos o mais cedo possível

Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini
Leite disse que é uma honra participar da missão de conscientizar para que sinais de câncer sejam percebidos o mais cedo possível (Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini)

O governador Eduardo Leite participou, na noite de quarta-feira (01), ao lado do superintendente do ICI (Instituto do Câncer Infantil), Algemir Brunetto, do embaixador do ICI para América Latina, Andrés D’Alessandro, e da embaixadora regional do instituto, Cris Silva, da abertura do Setembro Dourado, um mês de conscientização, informação e diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil.

A campanha é uma iniciativa da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer e objetiva combater a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes até 19 anos no Brasil.

“O Setembro Dourado é, por lei, um mês dedicado a informarmos e conscientizarmos as pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil. Para isso, que bom que podemos contar com pessoas qualificadas nas suas áreas e conhecidas e queridas pelo público como embaixadores e exemplos desta causa. Para mim, é uma honra poder participar desta missão. Contem comigo e com o governo do Estado para tudo que for possível em termos de políticas públicas e conscientização, especialmente para que os sinais de câncer sejam percebidos o mais cedo possível, assim podermos começar brevemente o tratamento e, dessa forma, salvar vidas”, afirmou o governador.

Segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer), em 2020 cerca de 8,4 mil pacientes foram diagnosticados com câncer infanto-juvenil no País. No Rio Grande do Sul, o número fica em torno de 400 novos casos.

Todos os anos, o Instituto do Câncer Infantil promove palestras, ações em parques, escolas, empresas e shoppings, além da distribuição de material informativo e do laço dourado, símbolo da campanha. Com a pandemia de coronavírus, as ações foram feitas com distanciamento social e de forma on-line.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Gabrielzinho garante segundo ouro na Paralimpíada, agora nos 50m costas
Prefeito de Porto Alegre afirma que anúncio de liberação de público em estádios demonstra falta de diálogo do Estado
Deixe seu comentário
Pode te interessar