Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Saúde Governo britânico pede à Autoridade de Regulamentação Sanitária para avaliar a vacina de Oxford

Compartilhe esta notícia:

MHRA analisa se a vacina de Oxford atende a rígidos padrões de segurança, eficácia e qualidade

Foto: Reprodução
Segundo a agência reguladora do país, o imunizante possui risco-benefício "aceitável". (Foto: Reprodução)

O governo britânico anunciou nesta sexta-feira (27) que pediu à MHRA (Autoridade de Regulamentação Sanitária de Medicamentos) para examinar a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford.

“Pedimos oficialmente ao regulador sanitário para avaliar a vacina Oxford/AstraZeneca e determinar se atende a normas de segurança rigorosas”, informou em comunicado o ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock. Se for aprovada, essa será uma “etapa importante rumo à produção de uma vacina o mais rapidamente possível”, acrescentou.

A MHRA iniciou uma revisão contínua para determinar se a vacina de Oxford atende aos seus rígidos padrões de segurança, eficácia e qualidade. O governo do Reino Unido diz que não há razão para ninguém se preocupar com os dados dos estudos clínicos da vacina e que qualquer dúvida sobre a segurança e eficácia da vacina será esclarecida com a avaliação independente da agência reguladora.

A vacina, batizada de ChAdOx1, já tem previsão de distribuição no Brasil, entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, caso a eficácia seja comprovada. O governo federal vai investir R$ 1,9 bilhão para produção de 100 milhões de doses.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Urnas são transportadas para os locais de votação no Rio Grande do Sul
Coronavírus: protocolos sanitários continuam valendo para o segundo turno das eleições municipais
Deixe seu comentário
Pode te interessar