Domingo, 19 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Thunder in the Vicinity

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Economia Governo divulga novo calendário de pagamentos do auxílio emergencial

Compartilhe esta notícia:

Não foi informado quantas pessoas estão incluídas nesses calendários

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
O auxílio emergencial residual será pago só até 31 de dezembro. (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

O Ministério da Cidadania divulgou nesta quarta-feira (26), em publicação no Diário Oficial, mais um calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial. Não foi informado quantas pessoas estão incluídas nesses calendários.

O novo calendário contempla trabalhadores: que tenham se cadastrado nas agências dos Correios entre os dias 8 de junho e 2 de julho; que tenham feito a contestação dos pedidos entre os dias 3 de julho e 16 de agosto, e tenham sido considerados elegíveis; e
que tenham recebido a primeira parcela em meses anteriores, mas tenham tido o pagamento reavaliado em agosto de 2020.

Calendários de pagamento

Para o público inscrito nas agências dos Correios entre 8 de junho e 2 de julho, os pagamentos serão feitos em poupança social digital:

Primeira parcela: de 28 de agosto a 30 de setembro, com saques liberados de 19 de setembro a 27 de outubro;

Segunda e terceira parcelas: de 9 de outubro a 13 de novembro, com saques liberados de 29 de outubro a 19 de novembro;

Quarta e quinta parcelas: de 16 de novembro a 30 de novembro, com saques liberados de 26 de novembro a 15 de dezembro.

Para trabalhadores que tenham feito a contestação entre os dias 3 de julho e 16 de agosto:

Primeira parcela: de 28 de agosto a 30 de setembro, com saques liberados de 19 de setembro a 27 de outubro;

Segunda e terceira parcelas: de 9 de outubro a 13 de novembro, com saques liberados de 29 de outubro a 19 de novembro;

Quarta e quinta parcelas: de 16 de novembro a 30 de novembro, com saques liberados de 26 de novembro a 15 de dezembro;

Para os trabalhadores que tenham recebido a primeira parcela em meses anteriores e o pagamento suspenso em agosto:

Próxima parcela: de 28 de agosto a 30 de setembro, com saques liberados de 19 de setembro a 27 de outubro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Grupo de hackers vaza em rede social supostos dados da primeira-dama Michelle Bolsonaro
Mais de 700 quilos de polvo são apreendidos em embarcação em Rio Grande, no Sul do Estado
Deixe seu comentário
Pode te interessar