Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Capa – Caderno 1 A imprensa internacional de língua espanhola dedicou generosos espaços ao noticiário político do Brasil

Mais de um quarto dos textos (2.749) que citavam o presidente também tinham a palavra “corrupção”. (Foto: Reprodução)

A crise mais aguda em um ano de governo Temer, motivada pela delação da JBS e que levou o Supremo Tribunal Federal a abrir inquérito contra o Presidente da República, não tomou conta apenas do noticiário nacional. A imprensa internacional de língua espanhola dedicou generosos espaços ao noticiário político do Brasil, aponta varredura feita, entre os dias 17 e 22 de maio, por uma empresa de coleta de informações na internet.

Nesse período, o levantamento da BigData Corp mostrou que foram publicadas mais de 11.900 reportagens citando o presidente Temer em publicações on-line de países que falam língua espanhola em todo o mundo. Cerca de 6% do total de notícias publicadas. Mais de um quarto dos textos (2.749) que citavam o presidente também tinham a palavra “corrupção”. Outros 1.828 retratavam “crise” e 1.644 mencionavam o termo “suborno”.

Para alcançar os dados, a empresa utilizou a capacidade de 10 mil servidores, que identificam as páginas roboticamente, selecionando os sites e deixando fora da pesquisa páginas consideradas blogs pessoais. Os dados são coletados apenas em sites abertos, que não exigem cadastros ou senhas de acesso.

“Foi a primeira vez que a gente viu uma concentração tão alta de notícias sobre o mesmo tema. Isso chamou muito a atenção”,  disse o executivo da empresa Thoran Rodrigues.

A pesquisa também foi feita em sites e blogs de língua inglesa. Nesse caso, a crise política e Temer são citados em 120 notícias, num total de 588 reportagens. A incidência menor de textos sobre o tema em inglês se explica, segundo Rodrigues, pela situação do presidente Donald Trump, que no mesmo período também enfrentou uma crise e chegou a ter seu impeachment ventilado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

A Operação Lava-Jato e a Superintendência da Polícia Federal do Paraná tiveram quase um terço de seu orçamento cortado pelo governo federal
Companhias aéreas já estão autorizadas a cobrar pela bagagem dos passageiros
Deixe seu comentário
Pode te interessar