Sábado, 04 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Brasil Instituto Federal de Sergipe fabrica máscaras para doar a hospitais e unidades de saúde

Iniciativa tem o objetivo de ajudar profissionais no combate à pandemia de coronavírus.

Foto: Divulgação
Iniciativa tem o objetivo de ajudar profissionais no combate à pandemia de coronavírus. (Foto: Divulgação)

O IFS (Instituto Federal de Sergipe) tem produzido protetores faciais de acetato em impressoras 3D para doar a hospitais e unidades de saúde. Com a iniciativa, a instituição pretende ajudar a suprir a alta demanda das instituições por EPI (equipamento de proteção individual) no combate à pandemia do coronavírus.

O item de segurança é exclusivo aos profissionais da saúde. “Diferentemente das máscaras convencionais vendidas nas farmácias, os protetores faciais protegem todo o rosto de gotículas e respingos durante o atendimento”, afirmou o instituto em nota.

O primeiro centro de saúde a receber as máscaras produzidas será o Hospital de Cirurgia, em Aracaju.

Responsável pela produção, o Inova@IFSLab (Laboratório de Inovação do IFS) tem três impressoras 3D. Cada uma imprime duas máscaras por vez. O processo demora cerca de duas horas. A máscara é feita de acetato (material capaz de impedir que a saliva e possíveis secreções se dissipem pelo ar) e de plástico de poliácido láctico (feito de milho e biodegradáveis).

Interessados em ajudar na produção podem entrar em contato pelos telefones (73) 99800-5542 e (73) 3711-1851, das 7 às 13 horas. Quem tiver impressora 3D, mas não dispuser de tempo para atuar na fabricação, pode deixá-la no Inova@IFSLab, no Centro de Pós-Graduação, na rua Francisco Portugal, no bairro Salgado Filho, na capital sergipana. Aos que desejam entrar na rede de solidariedade em casa, o IFS oferta o arquivo com as configurações da máscara.

“Essa é uma ação que envolve várias pessoas que possuem impressora 3D e empresas que fazem doações [de matérias-primas]. Nós estamos fazendo a nossa parte”, afirmou o diretor de Inovação e Empreendedorismo do IFS, José Augusto Andrade Filho.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Uruguaiana: 1,4 mil cestas básicas distribuídas às famílias carentes
É falso decreto que determina retorno de atividades comerciais em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar