Sexta-feira, 10 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Fair

Futebol Lewandowski abre vantagem sobre Cristiano Ronaldo e Messi na disputa pela Chuteira de Ouro

Compartilhe esta notícia:

Atacante tem quatro gols em quatro partidas desde o retorno do Campeonato Alemão. (Foto: Reprodução)

O atacante alemão Lewandowski tira proveito do retorno do campeonato nacional de seu país antes de outras ligas nacionais na Europa. Atleta do Bayern de Munique, ele voltou com tudo depois da paralisação causada pela pandemia da Covid-19 e assumiu a liderança da Chuteira de Ouro, prêmio dado ao maior artilheiro das competições nacionais do Velho Continente.

São quatro gols em quatro partidas. Os dois últimos saíram na goleada sobre Fortuna Düsseldorf, sábado, e fizeram com que o polonês tomasse a dianteira do atacante Immobile, da Lazio. Lewa chegou a 29 gols (58 pontos), enquanto que o italiano, ainda sem jogar uma vez que o Calcio segue parado, soma 27 gols (54 pontos).

Outros atacantes que atuam na Alemanha, além de Lewandowski, estão bem na corrida pela Chuteira de Ouro. Timo Werner, do Red Bull Leipzig, está em terceiro, com 24 gols e 48 pontos. Atrás dele, em quarto, outro jogador da Bundesliga: a sensação norueguesa Haaland, do Borussia Dortmund, com 26 gols e 44 pontos (ele soma menos pontos porque parte dos gols marcados na temporada foi pelo Red Bull Salzburg, da Áustria, onde o gol tem pontuação menor).

Nas últimas dez temporadas, em apenas uma nem Messi nem Cristiano Ronaldo ficou com a Chuteira de Ouro. Na temporada 2019/2020, Lewandowski abriu vantagem em relação aos dois. O português, astro da Juventus, é o quinto no ranking, com 21 gols (42 pontos). O argentino do Barcelona está em sexto lugar, com 19 gols e 38 pontos.

Lionel Messi

O maior vencedor de todos os tempos da Chuteira de Ouro, Lionel Messi, estava cada vez mais distante de concorrer ao prêmio de artilheiro entre as competições nacionais da Europa nesta temporada.

Com um gol marcado nas últimas quatro rodadas do Campeonato Espanhol, o grande vencedor dos prêmios de 2010, 2012, 2013, 2017, 2018 e 2019, já não se encontra entre os dez primeiros colocados da corrida pela taça em 2019/2020.

Em fevereiro, sem marcar nos últimos quatro jogos o craque argentino desceu para a 12ª colocação da Chuteira de Ouro, com 28 pontos, soma dos 14 gols que marcou até o momento na La liga. Ele, que deu duas assistências no último fim de semana e só marcou gols na vitória sobre o Granada desde a volta das férias após final de ano, estava 23 pontos atrás, ou seja, 12 gols, atrás do líder do prêmio nesta temporada, Ciro Immobile.

O centroavante italiano, que voltou a abrir vantagem para o segundo colocado, Robert Lewandowski, que somava 46 pontos antes da pandemia assolar o mundo.

O polonês do Bayern também deixou sua marca na última rodada do Campeonato Alemão, marcando apenas na vitória do Bayern de Munique sobre o Mainz. Por outro lado, ao contrário de Messi, Cristiano Ronaldo segue firme e forte no top 10 da Chuteira de Ouro. O português marcou duas vezes na vitória sobre a Fiorentina, chegando a incrível marca de nove rodadas consecutivas marcando no Campeonato Italiano, CR7 era o terceiro colocado, com 40 pontos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

Lewandowski marca de letra, Bayern goleia Düsseldorf e se aproxima do título do Campeonato Alemão
Nem o futebol e nem a vida voltarão a ser iguais, diz Messi sobre o futuro após a pandemia de coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar