Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Bem-Estar Licença-maternidade é passada para pai de gêmeos após morte da esposa

Casal esperava os gêmeos Maria Luiza e Samuel. (Foto: Reprodução)

O primeiro Dia dos Pais de Gledson Pereira da Fonseca será marcado por descobertas e pela saudade. O morador de Marília (SP) perdeu a esposa Keila Quintiliano, no final de junho, depois que ela deu à luz o casal Maria Luiza e Samuel. Com a ajuda da mãe, da sogra e de amigos, Fonseca enfrenta, com muita fé, o misto de dor e alegria.

O parto dos bebês, que seguem internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neonatal, foi feito às pressas. “Fomos para o hospital porque ela estava sentindo falta de ar. Quando chegamos lá foi descoberto um edema agudo no pulmão. Em seguida, ela teve uma parada cardiorrespiratória, aí tiveram que fazer o parto imediatamente, com 36 semanas de gestação”, lembra Fonseca. Keila morreu seis horas depois, sem conhecer os filhos.

Depois da morte da esposa, a empresa onde Fonseca trabalha como supervisor de operações de máquinas agrícolas entrou com um pedido no INSS ( Instituto Nacional do Seguro Social) para conceder a ele a licença-maternidade. O pedido foi feito com base no artigo 392-B da lei 12.873, de 24 de outubro de 2013. “Nem precisei me preocupar com isso, o pessoal da empresa, junto com o INSS, identificou a base legal e me concedeu o benefício”, afirma.

Segundo Fonseca, o caso dele é o primeiro na empresa e na base do INSS de Marília.

A licença dá direito a quatro meses de afastamento, mas a empresa ofereceu mais dois meses, devido a um programa de cidadania. Após os seis meses da licença, ele entrará de férias, totalizando sete meses sem trabalhar, tempo que poderá aproveitar integralmente os filhos. “Neste período vou fazer o que minha esposa faria. Dar de mamar, cuidar e estabelecer um contato mais intenso com eles.” (AG)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Homem mata sua tia, esquarteja corpo e esconde na geladeira
Degelo de montanha suíça revela ossos de alpinistas desaparecidos em 1970
Deixe seu comentário
Pode te interessar