Segunda-feira, 30 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

Rio Grande do Sul Mais de quatro toneladas de alimentos impróprios para o consumo são apreendidas no litoral gaúcho

A operação ocorreu nos municípios de Capão da Canoa e Xangri-lá

Foto: MP/Divulgação
A operação ocorreu nos municípios de Capão da Canoa e Xangri-lá. (Foto: MP/Divulgação)

A Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar do Ministério Público interditou um restaurante e autuou três supermercados nos municípios de Capão da Canoa e Xangri-lá, no Litoral Norte gaúcho, na quinta-feira (20). Foram apreendidas 4,3 toneladas de alimentos impróprios para o consumo.

O Restaurante e Pizzaria D’Martins, em Xangri-lá, foi interditado e quase 300 quilos de alimentos impróprios, vencidos ou sem procedência foram recolhidos. O estabelecimento também estava com o alvará vencido.

O Supermercado Avenida, em Xangri-lá, foi autuado e teve dois depósitos interditados para limpeza. No local, foram recolhidas 3,5 toneladas de produtos. No Supermercado Praiano, no mesmo município, houve a interdição da padaria por falta de higiene, desorganização e inadequação do espaço físico. Em torno de 300 quilos de produtos foram apreendidos.

Na praia de Capão Novo, em Capão da Canoa, o Mercado Estrela do Mar teve a padaria interditada pelas más condições de higiene. Foram apreendidos 200 quilos de produtos no local.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Incêndio destrói sete ônibus de empresa de turismo em Canoas
Homem é condenado a mais de 12 anos de prisão por divulgar imagens de pornografia infantil no Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar