Segunda-feira, 10 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy / Wind

Celebridades Maitê Proença sobre encarar traumas: “Foi transformador na hora em que consegui”

Compartilhe esta notícia:

Atriz fala sobre a concepção do espetáculo "Pior de Mim"

Foto: Divulgação
Atriz fala sobre a concepção do espetáculo "Pior de Mim". (Foto: Divulgação)

Maitê Proença não teve receio de revistar seus tropeços e erros desde a infância até os dias de hoje para escrever a peça autoral “O Pior de Mim”. O espetáculo, com direção de Rodrigo Portella, surgiu justamente para fazer um contraponto a este atual momento em que as pessoas querem imprimir uma vida perfeita e cancelam quem não trilha o mesmo caminho ou comete erros.

“Todos são bem-sucedidos, ricamente vestidos e seguros de si, sempre politicamente corretos, jamais fazem uma contradição, rodeados de amigos…  As famílias são coloridas, risonhas e estão sempre em harmonia. Ninguém é solitário! Resolvi mostrar onde errei terrivelmente, onde fiquei infeliz, insegura e triste, onde me machuquei e porque, onde fui desagradável sem sequer perceber… Nunca é fácil olhar pra dentro e lidar de verdade com o que está ali.  Mas é a única forma da gente se transformar e seguir adiante. Caso contrário, a vida vira um apontar de dedos, numa repetição sem fim”, explica ela, sobre o espetáculo, que está em cartaz até o final de maio na plataforma Sympla.

Isso não isenta a atriz de também usar seus filtros nas redes sociais. Em seu Instagram, no qual é seguida por mais de meio milhão de pessoas, Maitê assume ser adepta dos mais leves. Aos 63 anos, ela confessa que não gosta das marcas de idade e que tenta reverter o envelhecimento com princípios da medicina ayurveda, que tem como foco a harmonia entre corpo, mente e alma.

“Muitas vezes uso filtros simples que suavizam, mas não subtraem. Há quem diga que a beleza é fabricada, artificial. Eu mesma não gosto muito das marcas da idade, nem das consequências dos acidentes de carro, cavalo, bicicleta, e outros tantos que me causam dores pelo corpo.  Eu me trato com ayurveda e muitas vezes sinto que estou desacelerando o processo ou andando no sentido contrário. Quando estou muito aplicada, é impressionante ver o brilho que a saúde mente-corpo-espírito pode trazer, revertendo mesmo o processo do envelhecimento.  E isso é o que ficará para além das rugas inevitáveis. Seguirei nesse caminho, independentemente do que digam as pessoas de índole ruim.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Paulo Gustavo tem piora grave após sofrer embolia
Manu Gavassi elogia Rafa Kalimann: “A gente é muito o porto seguro uma da outra”
Deixe seu comentário
Pode te interessar