Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Manifestação contra o governo federal toma ruas de Porto Alegre; veja fotos

Compartilhe esta notícia:

De acordo com a Brigada Militar, movimento reuniu 20 mil pessoas. Já os organizadores dizem que foram 60 mil. (Foto: Lucas Uebel/ O Sul)

A manifestação realizada em Porto Alegre contra o governo federal neste domingo (16) reuniu 30 mil pessoas, conforme a Brigada Militar. Já os organizadores, que estimavam em 60 mil o número de participantes no início da tarde, acreditam que foram 60 mil as adesões.

Prevista inicialmente para ir do Parcão, no bairro Moinhos de Vento, até a Redenção, a passeata foi até a avenida Erico Verissimo, passando pelas avenidas Goethe, Mariante e Ipiranga, retornando ao Parcão pelo mesmo trajeto.

Caminhada saiu do Parcão e iria até a esquina da Erico Verissimo com Ipiranga, em Porto Alegre. (Foto: Lucas Uebel/ O Sul)

Caminhada saiu do Parcão e iria até a esquina da Erico Verissimo com Ipiranga, em Porto Alegre. (Foto: Lucas Uebel/ O Sul)

De acordo com o advogado Cristiano Huber, dos movimentos Brasil Livre e Vem Pra Rua, o trajeto foi alterado em função do público, que incluiu famílias com carrinhos de bebê e pessoas com dificuldade de locomoção. Ele destacou que o envolvimento da população ficou acima das expectativas.

O recado está dado, disse Huber. “A gente vai ter que caminhar para o impeachment”, acrescentou  o advogado.

Quem acompanhou os protestos anteriores realizados na capital gaúcha, disse que o movimento desta vez foi menor.

Conforme o major Luciano Boeira, do Comando de Policiamento da Capital, 400 policiais trabalharam na operação, e a caminhada transcorreu sem incidentes graves. (Fabíola Brites)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Equador declara estado de emergência por causa de vulcão
Donald Trump diz que deportará todos os imigrantes ilegais se for eleito presidente dos Estados Unidos
Deixe seu comentário
Pode te interessar