Sábado, 24 de Outubro de 2020

Porto Alegre

Rio Grande do Sul Ministro interino da Saúde confirma o envio de mais cem respiradores para o Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

Eduardo Pazuello participou de uma reunião no Palácio Piratini

Foto: Reprodução/Twitter
Eduardo Pazuello participou de uma reunião no Palácio Piratini. (Reprodução/Twitter)

Durante visita ao Rio Grande do Sul nesta terça-feira (21), o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, confirmou o envio de mais cem respiradores para o Estado.

O general se reuniu, no Palácio Piratini, com o governador Eduardo Leite, com o presidente da Assembleia Legislativa gaúcha, Ernani Polo, com o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, entre outras autoridades, para tratar de ações de enfrentamento ao novo coronavírus no RS.

Além dos respiradores, o Ministério da Saúde confirmou o envio de um extrator, utilizado para a realização automatizada de exames RT-PCR. O equipamento chegará, nos próximos dez dias, ao Lacen (Laboratório Central do Estado) e vai ampliar a capacidade de testagem em até 2,5 vezes: passará de cerca de 400 testes diários para aproximadamente 1 mil.

Pazuello fez um resumo da situação de enfrentamento ao coronavírus em todo o Brasil e um detalhamento técnico sobre a doença e o plano de contingência. “Tentamos agir com a maior rapidez possível. Buscaremos o que precisamos onde tivermos de ir. Não podemos deixar ninguém para trás. Nossa prioridade é tratar e salvar vidas, e é assim que o ministério está se posicionando, e como eu vejo que os governos e os municípios estão se posicionando”, afirmou.

“A presença do senhor e da sua equipe técnica reforça a excelente interlocução entre o Estado e a pasta federal. Temos recebido apoio fundamental com recursos, estrutura e equipamentos, e somos muito gratos a essa enorme contribuição”, disse Leite durante a reunião.

“Oportunidade para reforçarmos nossas demandas e já tivemos importante notícia, que é uma nova remessa de cem respiradores, totalizando 635 ao Rio Grande do Sul”, destacou o governador.

“Apresentei a situação epidemiológica de Porto Alegre, detalhei a ampliação das estruturas de saúde, como leitos de UTI, testagem da população e tendas de atendimento para pacientes com suspeita de infecção por coronavírus”, disse Marchezan sobre o encontro com o ministro interino, ocorrido na manhã desta terça.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Presidente do Supremo suspende busca e apreensão no gabinete do senador José Serra
Secretaria da Agricultura do RS monitora o deslocamento da nuvem de gafanhotos que está na Argentina
Deixe seu comentário
Pode te interessar