Sábado, 04 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Flávio Ricco Notícias da TV

Compartilhe esta notícia:

Lilia Cabral. (Foto: João Miguel Júnior)

O assassinato de George Floyd em 25 de maio, que escancarou o racismo da polícia dos Estados Unidos e gerou uma onda de protestos que se espalhou por várias partes do mundo, levou a direção da Globo a promover um evento sobre problemas sociais.

Ontem, segunda-feira, dia 29, por meio de videoconferência, executivos da casa e algumas vozes importantes sobre questões raciais, como Luana Génot e Heloisa da Costa, além de atores como Caio Blat, Tony Ramos, Betty Faria, Lilia Cabral, Wendell Bendelack…, discutiram o tema com roteiristas de todas as áreas da emissora.

A mobilização contou com mais de 500 pessoas.

O encontro também teve como finalidade orientar autores e colaboradores em relação ao que fazer e não fazer dentro dos seus campos de atuações para que programas, séries e novelas possam ir além do repúdio e do não racismo.

Mesmo diante dos obstáculos impostos pelo momento atual, entre eles o distanciamento social, a Globo entendeu como importante abordar o assunto, em função de tudo o que aconteceu, após a morte de Floyd, e no instante em que se ensaia a volta às atividades normais.

TV Tudo

Marcou data

Em mensagem enviada ao elenco de “Amor Sem Igual”, foi informado que as gravações serão retomadas em 10 de agosto.

Os detalhes dessa volta e os protocolos de cuidados serão conhecidos nos próximos dias.

Elegância

Glenda Kozlowski, sem entrar em detalhes, usou as mídias sociais para comunicar o seu desligamento do reality esportivo “Uma Vida, Um Sonho”.

O compromisso dela era com a empresa LCA Entertainments & Sports. Nada com o SBT

Novo caminho

A propósito da Glenda, existem fortes comentários de que poderá comandar a TV do Flamengo. Fala-se que o convite foi feito.

Ela é rubro-negro e essa iniciativa pode ser um caminho. E um campo a mais para os profissionais.

Desperdício

Assim como William Waack e Monalisa Perrone, Evaristo Costa foi uma das principais contratações da CNN Brasil.

O seu aproveitamento, no entanto, não compensa o investimento. Ficar limitado a voz de documentários é quase nada. Não justifica.

Novo dia

Envolvida com uma série de preparativos, a estreia de Carolina Ferraz no “Domingo Espetacular”, antes anunciada para este próximo final de semana, ficou para o dia 12.

Ela vai formar dupla com Eduardo Ribeiro.

Em questão

Na Band não existe nada resolvido, ainda, sobre a volta do programa das manhãs, mesmo com outra apresentação e equipe diferente.

O formato ainda será discutido, portanto, com algum otimismo pode-se esperar alguma coisa para setembro ou outubro. Antes, bem difícil.

Momentos

Carlos Alberto de Nóbrega gravou na manhã de ontem, em sua casa, algumas chamadas para o SBT.

Nesse trabalho, ele fala da saudade do seu velho e querido banco, conversa com o elenco e relembra momentos importantes de “A Praça é Nossa”, que vão ao ar em julho. É seu desejo voltar com edições inéditas em agosto.

Retomada

O jornalismo da Record retomou ontem as gravações de séries especiais para o “Jornal da Record”, após um tempo paralisadas por causa da pandemia.

Ainda não existe uma definição de quando começarão a ir ao ar.

Paz e amor

Em uma reunião na semana passada, com várias chefias envolvidas, ficou estabelecido que daqui em diante terá que ser o mais amistoso possível o relacionamento da ESPN com Fox Sports.

Nada de confrontos de ideias, programas etc.

C´est fini

A serviço da Record, Mylena Ciribelli desembarca em São Paulo nesta quinta-feira para gravar chamadas sobre a volta do “Esporte Fantástico”.

O programa tem retorno à grade confirmado para sábado, dia 4.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Ricco

Notícias da TV
Notícias da TV
Deixe seu comentário
Pode te interessar