Sábado, 31 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Mostly Cloudy

Geral O aplicativo Caixa Tem volta a ficar instável em dia de liberação do FGTS emergencial

Compartilhe esta notícia:

O atendimento será até o  meio-dia. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal liberou nesta segunda-feira (10) o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) emergencial para nascidos em julho, em contas digitais abertas pelo banco, que podem ser movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem, o mesmo usado pelos beneficiários do auxílio emergencial.

Usuários do app, porém, disseram nas redes sociais que estavam com dificuldades em realizar pagamentos com o valor depositado, pois, de acordo com relatos, o Caixa Tem informa que o serviço não estava disponível.

Na manhã desta segunda, a principal reclamação era a de que, ao tentar fazer uma operação, aparecia a mensagem ao usuário: “Serviço disponível a partir das 9h15min”. Mesmo quando a tentativa de utilização do dinheiro foi feita depois desse horário, a mensagem continuava sendo mostrada pelo aplicativo.

Por volta de 10h45min, o aplicativo passou a realizar operações. Mas, em torno de 11h30min, voltou a ficar instável, aparecendo, novamente, a mensagem de que o serviço ficaria disponível após 30 minutos.

Em julho deste ano, trabalhadores reclamaram do funcionamento do aplicativo e a Caixa admitiu instabilidade no serviço, mas afirmou que já havia resolvido o problema. Procurada, a Caixa informou que “para melhorias preventivas, o serviço de pagamento de boletos foi desabilitado temporariamente no Caixa Tem”.

Calendário de saques

Apesar de a Medida Provisória 946, que instituiu o saque emergencial, ter perdido a validade na semana passada, a Caixa manteve o calendário de saques, com base no princípio da segurança jurídica. Ao todo, o governo pretende injetar R$ 37,8 bilhões na economia, beneficiando cerca de 60 milhões de pessoas.

Anunciado como instrumento de ajuda aos trabalhadores afetados pela pandemia do novo coronavírus, o saque emergencial permite a retirada de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas no FGTS. O valor abrange tanto as contas ativas quanto as inativas.

O dinheiro só será liberado para saque ou transferência para outra conta bancária a partir de 17 de outubro, para os trabalhadores nascidos em julho. O calendário de crédito na conta poupança digital e de saques foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador.

Até agora, a Caixa creditou o saque emergencial do FGTS para os trabalhadores nascidos de janeiro a junho. Os beneficiários nascidos em fevereiro tiveram o dinheiro liberado para saque no último sábado (8). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo e da Agência Brasil.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Sem combustível, usinas nucleares podem parar em 2021 e gerar um custo de mais de 1 bilhão de reais na conta de luz
Bolsonaro nomeou os professores de direito Francisco Bruno Neto e Antônio Carlos Vasconcellos Nóbrega para membros da Comissão de Ética da Presidência
Deixe seu comentário
Pode te interessar