Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Cloudy

Brasil O Brasil já tem mais de 70 mil mortes por coronavírus e quase 2 milhões de pessoas infectadas

Compartilhe esta notícia:

Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.214 óbitos, totalizando 70.398. (Foto: NIAID/Divulgação)

As mortes por conta da pandemia do novo coronavírus passaram da casa dos 70 mil, segundo atualização diária divulgada pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (10). Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.214 óbitos, totalizando 70.398.

O número total de mortes representa um aumento de 1,7% em relação a quinta (9), quando o painel trazia 69.184 óbitos desde o início da pandemia.

De acordo com a atualização do ministério, 651.666 pessoas estão em acompanhamento e 1.078.763 se recuperaram. Há ainda 4.000 mortes em investigação.

O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 1.800.827. O sistema do ministério contabilizou 45.048 pessoas desde o balanço de quinta. O total representa aumento de 2,5% em relação ao dia anterior, quando o sistema marcava 1.755.779 casos confirmados. Foi o sexto dia em número de novos registros desde o início da pandemia.

Os Estados com mais mortes são: São Paulo (17.442), Rio de Janeiro (11.280), Ceará (6.777), Pernambuco (5.482) e Pará (5.224). As unidades da Federação com menos óbitos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (146), Tocantins (245), Roraima (393), Acre (417) e Santa Catarina (459).

São Paulo também lidera entre os Estados com maior número de casos confirmados, com 359.110, seguido por Ceará (133.546), Rio de Janeiro (129.443), Pará (122.674) e Bahia (101.186). As unidades da Federação com menos pessoas infectadas registradas são Mato Grosso do Sul (12.261), Tocantins (14.509), Acre (15.768), Roraima (21.220) e Rondônia (26.000).

Recorde mundial

A Organização Mundial da Saúde (OMS) registrou um novo recorde diário de casos globais da Covid-19 nesta sexta (10), de acordo com relatório oficial. Foram 228.102 infecções confirmadas em 24 horas, sendo que os países com os maiores registros foram Estados Unidos, Brasil, Índia e África do Sul.

O recorde anterior ocorreu em 4 de julho, quando o planeta somou 212.326 casos em um dia. As mortes seguem estáveis: cerca de 5 mil diariamente.

Na quinta, a OMS demonstrou preocupação com o avanço da pandemia de coronavírus durante a reunião dos estados-membros. A agência de saúde da ONU informou que os casos seguem fora de controle na maioria dos países.

Mais de 12 milhões de casos de coronavírus foram relatados desde o início da pandemia. Segundo a OMS, ao menos a metade deles foi registrada nas últimas seis semanas – a cada sete dias, o mundo registrou 1 milhão de novos casos da doença.

“A pandemia da Covid-19 não deixou nenhum país intocado. Ela humilhou a todos nós”, disse Tedros Adhanom.

Ainda durante a reunião, a OMS anunciou a criação de um grupo independente para analisar a evolução da pandemia e a resposta dos países contra o coronavírus. O grupo será co-presidido pela ex-primeira-ministra da Nova Zelândia, Helen Clark, e pela ex-presidente da República da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária diz que a ivermectina não tem eficácia contra o coronavírus e pode causar sérios riscos à saúde
Mega-Sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado
Deixe seu comentário
Pode te interessar