Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Cloudy

Tecnologia O Facebook entra na briga contra a Apple sobre a comissão da App Store

Compartilhe esta notícia:

Integração entre as diferentes redes é o caminho. (Foto: Reprodução)

O Facebook se juntou nesta sexta-feira (14) à batalha contra a Apple iniciada pelos criadores do jogo Fortnite, que lançou uma cruzada para que a empresa do iPhone deixe de cobrar uma grande comissão aos aplicativos que são distribuídos em sua loja.

A empresa de Mark Zuckerberg disse que a Apple se recusou a abrir mão de sua comissão sobre eventos transmitidos ao vivo na rede social que permitem às pessoas ganhar dinheiro durante a pandemia do Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Na última quinta-feira, a Epic Games, responsável pelo popular jogo Fortnite, acusou a Apple de abusar de sua posição de monopólio.

O Facebook afirmou que não cobrará por eventos online que educadores, artistas ou outros usuários organizem por meio de um novo recurso da plataforma, mas que a Apple se recusou a deixar de receber sua comissão.

“Pedimos à Apple que reduzisse seu imposto na App Store em 30% ou nos permitisse oferecer o Facebook Pay para que pudéssemos absorver todos os custos das empresas que lutam durante a pandemia de COVID-19”, disse o vice-presidente do Facebook, Fidji Simo. “Infelizmente, eles rejeitaram nossos pedidos e [pequenas e médias empresas] receberão apenas 70% de sua suada receita.”

A nova função de eventos pagos foi lançada pelo Facebook em resposta à pandemia, que forçou o cancelamento de muitas reuniões presenciais. Com o recurso, usuários podem organizar, promover e cobrar por eventos, desde shows e apresentações de teatro até aulas de ioga. Também está sendo testado o uso para reuniões mais restritas.

A Epic Games pediu a um juiz federal que ordenasse à Apple que parasse com sua “conduta anticompetitiva”. O processo diz que a Epic não busca tratamento favorável, mas pede ao tribunal que obrigue a Apple a mudar sua estrutura de taxas para todos os desenvolvedores.

De acordo com a Apple, o Fortnite foi removido depois que “a Epic Games tomou a infeliz decisão de quebrar as regras da App Store, que se aplicam a todos os desenvolvedores e são projetadas para manter a loja segura”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Notebook para estudantes funciona como tablet e tem preço competitivo
O iPhone 12 com um “pedaço” do foguete da SpaceX vai custar 35 mil reais
Deixe seu comentário
Pode te interessar