Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Mundo O Japão estenderá o estado de emergência na área de Tóquio até 21 de março

Compartilhe esta notícia:

O país estuda que a medida seja estendida por duas semanas além do previsto inicialmente. (Foto: Reprodução)

O governo do Japão planeja prorrogar o Estado de emergência na cidade de Tóquio e mais três da região até o dia 21 de março. A medida para combater o avanço da covid-19 ganhou duas semanas a mais do que o previsto, informou nessa sexta-feira (5), o ministro da Economia, Yasutoshi Nishimura.

Nishimura, que está encarregado da resposta do governo ao coronavírus, fez o comentário no início de uma reunião de manhã (horário local, noite de quinta-feira, 4, no Brasil) em um encontro com conselheiros em busca de uma aprovação para a medida.

As prefeituras de Tóquio, Chiba, Kanagawa e Saitama, que representam cerca de 30% da população do país, solicitaram uma prorrogação para além da data marcada originalmente, 7 de março, já que os novos casos de coronavírus não caíram o suficiente para atingir a meta estipulada.

Ainda assim, o número de novos casos bastante inferior ao pico no início de janeiro, quando o estado de emergência entrou em vigor. Tóquio reportou 279 casos na quinta-feira, em comparação com o recorde de 2.520 do dia 7 de janeiro.

No país todo, o Japão registrou cerca de 433 mil casos e 8.050 mortes pela covid-19 até quarta-feira (4).

Olimpíadas

O governo do Japão também deve decidir se turistas estrangeiros vão poder participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio marcados para o fim de julho deste ano, disse o ministro dos Jogos Olímpicos, Tamayo Marukawa, na quarta-feira (3).

A chefe do comitê organizador dos Jogos, Seiko Hashimoto, afirmou que gostaria de chegar a uma decisão até o fim deste mês.

As pesquisas mostram que a maioria dos japoneses se opõe à realização dos Jogos durante a pandemia de Covid-19.

O governo estava planejando proibir torcedores do exterior devido a temores de que eles espalhem o coronavírus, de acordo com uma reportagem do jornal “Mainichi”, que usou fontes que não quiseram se identificar.

Uma pesquisa do jornal “Yomiuri” mostrou na quarta-feira que, se os Jogos acontecerem conforme o programado, 91% das pessoas no Japão querem que os espectadores sejam reduzidos ao mínimo ou não sejam permitidos.

A pesquisa, realizada entre 18 de janeiro e 25 de fevereiro, mostrou que 70% dos entrevistados disseram estar “interessados ​​nas Olimpíadas”, mas 58% afirmaram que não queriam que elas fossem realizadas este ano por causa de temores em relação à covid-19.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

“Chega de frescura, de ‘mimimi'”: frase de Bolsonaro sobre a pandemia repercute na imprensa internacional
Até gorilas já tomam vacina contra o coronavírus em zoológico dos Estados Unidos
Deixe seu comentário
Pode te interessar