Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair / Wind

Rio Grande do Sul O Rio Grande do Sul tem um novo site para estimular o reaquecimento do setor de turismo

Compartilhe esta notícia:

Atrações podem ser conferidas em www.vivaors.com.br. (Foto: Divulgação/Sebrae)

Uma parceria entre o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a Sedetur (Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo) resultou no lançamento do site “Viva o RS”, cujo objetivo é divulgar roteiros turísticos do Rio Grande do Sul, por meio de uma espécie de “feira virtual”. A iniciativa pode ser conferida em www.vivaors.com.br.

Cada atração ficará no ar durante 40 dias, organizadas por regiões e estilos, proporcionando assim maior autonomia e liberdade ao visitante para definir a sua programação. De acordo com o governo gaúcho, a iniciativa também contribui diretamente para fomentar a atividade, gerando demandas para a venda de pacotes de viagem, o que também acaba beneficiando outros ramos do setor.

Além disso, a plataforma conta com uma “assistente digital de viagens”, que oferece dicas e sugestões personalizadas de acordo com o perfil e a experiência de cada interessado.

Na avaliação do titular da Sedetur, Rodrigo Lorenzoni, trata-se de mais uma ação para valorizar a vocação turística do Rio Grande do Sul. Ele também ressalta a dinâmica da plataforma on-line:

“A navegação é intuitiva e traz muito conteúdo, bem como a possibilidade de aquisição de pacotes turísticos por meio da própria plataforma. Ações como essas são fundamentais para a retomada das atividades de forma segura, em meio ao reaquecimento da economia do Estado”.

De acordo com a coordenadora estadual de Turismo do Sebrae-RS, Amanda Paim, os roteiros contemplam os variados perfis de viajantes. “Essa diversidade de estilos de turismo e a referência em hospitalidade são um convite a viajar pelo Estado sem descuidar dos protocolos de segurança sanitária”, salienta.

Ainda segundo ela, há diversas alternativas de roteiros para todos que querem descobrir ou redescobrir os encantos do Rio Grande do Sul: “Queremos que as pessoas descubram e explorem destinos incríveis do Estado, que valorizem as atrações locais e se conectem com a natureza, cultura e gastronomia em uma viagem segura para viver o Rio Grande do Sul”.

Regiões abrangidas

– Porto Alegre: a capital gaúcha é um destino de negócios e eventos, com uma atraente e dinâmica vida cultural e muitas opções de lazer;

– Hortênsias (Gramado e Canela): destino mais visitado do Rio Grande do Sul e um dos líderes em procura no País, tem como destaque eventos como o Festival de Cinema e “Natal Luz”;

– Uva e Vinho: arquitetura, história e gastronomia típicas da imigração italiana constroem o ambiente da Serra Gaúcha. As encostas desenhadas pelos vinhedos e as charmosas instalações das vinícolas proporcionam experiências como a degustação de bebidas e gastronomia;

– Campos de Cima da Serra: programas de ecoturismo e aventura que garantem experiências e emoções na impactante paisagem dos cânions nos parques nacionais Aparados da Serra e Serra Geral;

– Rota das Missões: classificado como Patrimônio Cultural da Humanidade, o Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo e as ruínas das igrejas transmitem a energia e a emoção de uma volta ao passado, aos séculos 17 e 18, e constituem o mais representativo conjunto arquitetônico dos antigos Sete Povos das Missões em território brasileiro.

– Costa Doce: a beleza arquitetônica da imigração ibérica em uma região tocada pela imensidão das águas lagunares e pela costa oceânica, destino de sol e praia consagrado por gaúchos, uruguaios e argentinos;

– Vale do Paranhana: a emoção da aventura no ar, nas montanhas e nas corredeiras do Paranhana, o bem-estar, o autoconhecimento e a transcendência da meditação budista. Tudo em meio à natureza da Mata Atlântica;

– Vale Germânico: símbolo maior e berço da imigração alemã, quase dois séculos depois, São Leopoldo é o ponto de partida da Rota Romântica, um percurso rodoviário inspirado na experiência da Baviera, sul da Alemanha, que oferece belas paisagens, cultura e hospitalidade;

– Vale do Taquari: a região abrange várias opções de roteiros culturais e rurais, como Caminho dos Moinhos, Vale Encantado, Rota da Erva-Mate, Rota Germânica e Caminhos da Forqueta, dentre outros;

– Pampa e Fronteira: palco de eventos históricos como confrontos entre índios, espanhóis e portugueses, batalhas para defender as fronteiras, lutas pelos ideais libertários, que ajudaram na construção de uma identidade cultural gaúcha e na configuração do próprio mapa do Estado.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

O mapa preliminar do distanciamento controlado tem cinco das 21 regiões gaúchas sob bandeira vermelha
Porto Alegre já tem 4 mil novas placas de ruas instaladas
Deixe seu comentário
Pode te interessar