Segunda-feira, 06 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Mundo Onze imigrantes chineses tentaram entrar nos EUA escondidos em móveis e máquina de lavar roupa

Um dos imigrantes chineses foi encontrado em uma máquina de lavar roupa (Foto: Reprodução)

Agentes da Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos (CBP, na sigla em inglês) encontraram, em um porto na Califórnia, 11 chineses que tentavam entrar em território americano dentro de móveis e eletrodomésticos transportados por um caminhão, segundo informações divulgadas pela imprensa local na terça-feira (10).

Os 11 imigrantes estavam escondidos em um veículo de carga tentando entrar pela fronteira de San Ysidro, que liga San Diego, na Califórnia, a Tijuana, no México, no último sábado (7).

De acordo com um relatório das autoridades de imigração, o caminhão foi enviado para uma segunda inspeção, quando eles encontraram os estrangeiros colocados entre os móveis e eletrodomésticos.

Fotografias tiradas por agentes da CBP mostram um dos chineses escondido em um baú de madeira e outro dentro de uma máquina de lavar roupa.

“Esses são seres humanos que contrabandeiam pessoas em condições desumanas e que podem ter consequências mortais. Felizmente, ninguém ficou gravemente ferido”, disse o diretor de operações da Patrulha em San Diego, Pete Flores, em um comunicado.

Um homem americano de 42 anos que conduzia o caminhão foi preso e será processado por tráfico humano, segundo as autoridades. Os 11 asiáticos também foram detidos e enviados para um centro específico para imigrantes.

Há cerca de um mês, outros seis chineses tentaram atravessar a fronteira em um caminhão, também por San Ysidro. Nesse caso, os migrantes foram escondidos dentro das paredes do caminhão e só foram descobertos por cães treinados.

Outros casos

Em novembro, a equipe de segurança de um ferry boat holandês descobriu 25 imigrantes escondidos em um contêiner refrigerado que estava sendo levado ao Reino Unido, o que obrigou o retorno da embarcação para o porto de partida na Holanda.

Os passageiros clandestinos, cuja origem não foi divulgada, receberam atendimento médico no porto de Vlaardingen, perto de Roterdã, embora dois deles tenham sido hospitalizados.

Segundo o jornal De Telegraaf, a empresa proprietária do navio informou que o contêiner com os imigrantes estava sobre um caminhão que foi embarcado.

Em outubro, a polícia do Reino Unido encontrou 39 corpos no baú de um caminhão no Leste de Londres. O motorista do veículo, um norte-irlandês de 25 anos, foi preso por suspeita de assassinato. Segundo as autoridades britânicas, as 39 pessoas eram de nacionalidade chinesa — eram 31 homens e oito mulheres.

tags: imigrantes

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

O Instagram estaria escondendo os likes apenas para aumentar o engajamento dos usuários
Veja a lista dos indicados ao Globo de Ouro 2020
Deixe seu comentário
Pode te interessar