Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Operação para combater fraude de mais de R$ 30 milhões no comércio de pescados é realizada no Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

O objetivo é recuperar mais de R$ 30 milhões em ICMS devido aos cofres públicos

Foto: MPRS/Divulgação
O objetivo é recuperar mais de R$ 30 milhões em ICMS devido aos cofres públicos (Foto: MPRS/Divulgação)

O MPRS (Ministério Público do Rio Grande do Sul) e a Receita Estadual realizaram, na manhã desta quinta-feira (26), uma nova ação conjunta contra esquema de fraude fiscal estruturada no ramo atacadista de pescados no Estado.

Ao todo, a Operação Pescado III cumpriu 19 mandados de busca e apreensão em Rio Grande, Porto Alegre, São José do Norte e São Paulo. O objetivo é recuperar mais de R$ 30 milhões em ICMS devido aos cofres públicos.

A operação contou com a participação de seis promotores de Justiça do MPRS, 22 policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do MPRS, 21 auditores-fiscais da Receita Estadual, seis técnicos tributários da Receita Estadual, dois policiais militares do Batalhão de Polícia Fazendária e 64 policiais militares. Em São Paulo, há colaboração do Gaeco/SP, além da atuação de seis auditores-fiscais da Receita Estadual daquele Estado.

O trabalho investigativo fiscal, iniciado pela Receita Estadual há mais de um ano, é um desdobramento das Operações Pescado I (2014) e Pescado II (2015). Essas duas fases resultaram em quatro mandados de prisão preventiva e R$ 38 milhões em autuações fiscais, que responsabilizaram empresas destinatárias/beneficiárias em Santa Catarina, com o consequente sequestro judicial de embarcações como garantia pelos prejuízos causados.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Operação Maria da Penha combate violência doméstica no Rio Grande do Sul
Bairro Restinga, em Porto Alegre, recebe atividade de prevenção à febre amarela nesta sexta-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar